quarta-feira, 17 de abril de 2024

Suspeitos de matar motorista de aplicativo são presos em Matozinhos e Curvelo

Alessandro foi assassinado no fim da tarde do sábado, 28, em São José da Lapa

Dois homens suspeitos de matar o motorista de aplicativo Alessandro de Araújo, de 52 anos, foram presos neste domingo, 29. Um deles foi encontrado em Matozinhos, na região metropolitana de Belo Horizonte, e o outro em Curvelo, na região Central de Minas. A namorada do segundo investigado também foi presa por facilitar a fuga.

Segundo levantamentos da polícia, um dos suspeitos pelo crime é foragido da Justiça e é membro do PCC. A Polícia continua as buscas para localizar a arma usada na ocorrência e, também, o carro modelo Onix que foi levado pela dupla. O homem deixa duas filhas e um neto.

O corpo de Alessandro foi velado neste domingo, 29, no Cemitério Belo Vale, em Santa Luzia.

Avelar de Araújo, irmão do motorista de aplicativo que morreu após ser baleado em assalto, disse em entrevista à Itatiaia que espera que a justiça seja feita. Alessandro de Araújo, que comprou o veículo para trabalhar há dois dias, estreou o carro novo neste sábado, 28, quando foi abordado por dois homens perto de um clube na MG-424, em São José da Lapa, na região Metropolitana de Belo Horizonte. A principal suspeita é de que ele tenha reagido.

“No dia anterior, ele me ligou e falou que tinha vendido o veículo dele – que era bastante usado – e que iria comprar um carro mais novo. Ele estava muito feliz, porque estava aguardando o financiamento do banco. Estive na casa da minha mãe no dia 25, porque ele mora com ela. Quase 18h da tarde liberou [o financiamento]. Aí, ele desceu comigo, foi tomar cerveja com meu pai para comemorar”, conta Avelar, que trabalhou durante 30 anos como sargento.

Relembre o caso
Alessandro de Araújo morreu após ser baleado no rosto em São José da Lapa, na região Metropolitana de Belo Horizonte, no fim da tarde de sábado (28). A princípio, ele teria reagido ao assalto. Imagens de câmeras de segurança obtidas pela Itatiaia flagraram a dupla suspeita no local.

O crime ocorreu próximo a um clube, que fica às margens da MG-424, enquanto o motorista aguardava ser acionado para uma corrida. Após ser baleado, Alessandro de Araújo chegou a cambalear por alguns metros até cair e morrer no local.

O motorista fez aniversário e comprou o carro há dois dias. Inclusive, este seria o primeiro dia de trabalho dele com o veículo novo.

Fonte: Por Dentro de Tudo e Itatiaia

Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3