quinta-feira, 13 de junho de 2024

Hudson Maldonado, ex-delegado, é assassinado em Sete Lagoas

O ex-Delegado Regional de Segurança Pública e advogado Hudson Maldonado, de 86 anos, foi assassinado com requintes de crueldade em Sete Lagoas, no bairro CDI, nesta quarta-feira (22/5).

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) apura os fatos e suspeita que o filho de sua companheira, com a ajuda de comparsas, cometeu o crime após um desentendimento com a vítima.

O ex-delegado e advogado Hudson Maldonado

Segundo informações preliminares, Maldonado foi atacado com várias facadas e envolvido em um colchão, que os criminosos incendiaram. A cuidadora do ex-delegado, presente no momento do crime, também foi agredida e levada ao hospital.

A polícia foi acionada imediatamente após o crime, e o local foi isolado para a realização da perícia. Há uma intensa movimentação de agentes de segurança, e as causas do crime estão sendo investigadas.

A PCMG deslocou uma equipe de policiais civis e peritos ao local para realizar os primeiros levantamentos e coletar vestígios que subsidiem a investigação.

O corpo de Maldonado será submetido a exame de necropsia. A ocorrência está em andamento, e mais informações serão divulgadas conforme o avanço dos trabalhos de polícia judiciária.

Até o momento ninguém foi preso. Matéria em atualização.