quarta-feira, 17 de abril de 2024

Operação prende 31 pessoas em Diamantina (MG) por garimpo ilegal

A operação contou com 60 militares, viaturas, drones e uma aeronave Pégasus

O 7DiasNews divulgou na semana passada movimento anormal de pessoas chegando a Senador Mourão, distrito de Diamantina, para exploração do garimpo. Ontem, a Polícia Militar, em ação com outros órgãos, pôs fim à ilegalidade.

A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), através do Comando de Policiamento de Meio Ambiente (CPMAmb), prendeu 31 pessoas por envolvimento com garimpo ilegal em Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, região central de Minas. Em ação conjunta com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD) e a Polícia Federal (PF), as autoridades apreenderam ainda diversos materiais na operação “Ouro de Tolo”.

O objetivo foi identificar e efetuar a prisão de pessoas que atuam ilegalmente na área de garimpo, além de apreender equipamentos, drogas, armas e outros ilícitos envolvidos na atividade, proporcionando a repressão e prevenção de crimes e infrações ambientais na localidade. A operação também contou com o apoio da 14ª Região de Polícia Militar (14ª RPM), do Comando de Avião do Estado (COMAVE) e do Comando de Policiamento Rodoviário (CPRV), da PMMG.

Além dos 31 presos, foram apreendidos 10 detectores de metais, uma arma de fogo calibre 22, um rádio de comunicação e diversos equipamentos utilizados em garimpo como pás , enxadas, picaretas , peneiras e bateias.

O planejamento da operação “Ouro de Tolo” teve início na semana passada, como conta o Ten Cel. Lages em vídeo, e contou com um efetivo de 60 militares, viaturas, drones e uma aeronave Pégasus.

Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3