quinta-feira, 13 de junho de 2024

Doação de Leite Materno: A Importância do Aleitamento para Mães e Bebês

O leite materno é um superalimento; essencial para o desenvolvimento infantil e a saúde materna

Fontes: Ministério da Saúde | SBP 

O aleitamento materno é vital tanto para a saúde do recém-nascido quanto para o bem-estar da mãe. O leite materno é um verdadeiro superalimento, contendo todos os nutrientes e proteínas necessários para o crescimento e desenvolvimento adequado dos bebês. Além de melhorar a imunidade infantil, diminui o risco de alergias, doenças crônicas, problemas gastrointestinais e infecções respiratórias. Para as mães, a amamentação auxilia na recuperação pós-parto, previne contra certos tipos de câncer e diminui a chance de doenças crônicas e depressão pós-parto.

No último dia 19 de Maio, foi comemorado o Dia da Doação de Leite Materno. Conversamos com  Naiara Marques, Nutricionista clínica do HNSG e Cristiana Linhares, Coordenadora da equipe de Fonoaudiologia do HNSG. Elas fazem parte do Posto de Coleta de Leite Humano do HNSG e que explicaram a importância do aleitamento materno.

Impactos na Saúde Infantil sem o Aleitamento Materno

A falta de aleitamento materno pode resultar em sérios prejuízos para a saúde das crianças. A ausência do leite materno, rico em vitaminas, proteínas e gorduras de alta qualidade, favorece uma imunidade mais frágil. As crianças podem apresentar maior incidência de diarreia, infecções respiratórias e alergias, além de um desenvolvimento prejudicado do sistema digestivo e imunológico.

Principais Tipos de Aleitamento Materno segundo a OMS

  1. Aleitamento Materno Exclusivo: Indicado de 0 a 6 meses, o bebê recebe apenas leite materno, seja direto da mama ou não.
  2. Aleitamento Materno Misto ou Parcial: Inclui leite materno e fórmulas infantis, necessárias por motivos clínicos ou dificuldades de amamentação.
  3. Aleitamento Materno Complementado: Após os 6 meses, a criança recebe leite materno junto a outros alimentos, sem substituir o leite materno.
  4. Aleitamento Materno Predominante: Além do leite materno, a criança consome outros líquidos ou alimentos apropriados.

Contraindicações e Suspensão do Aleitamento Materno

Embora raro, o aleitamento materno deve ser suspenso em casos de alergia à proteína do leite de vaca (consumido pela mãe e que passa para vo bebê através da amamentação) ou condições de saúde da mãe, como infecção por HIV.

Importância do Apoio dos Serviços de Saúde

Para garantir o sucesso da amamentação, é essencial contar com o apoio de uma equipe multidisciplinar. “Na prática, vemos menor tempo de internação, desenvolvimento e ganho de peso satisfatório, principalmente em prematuros,” afirma Naiara Marques, Nutricionista Clínica do HNSG.

Unidades de saúde devem realizar campanhas e promover o posto de coleta de leite humano.

Estratégias Alternativas em Casos de Contraindicação ao Aleitamento

Nos casos em que a amamentação não é indicada, as equipes de saúde devem orientar mães e familiares sobre alternativas que fortalecem o vínculo mãe-bebê. É importante enfatizar que a presença da mãe é fundamental para o conforto e proteção do bebê, independentemente da amamentação.

Doação de Leite Humano

Toda mulher saudável que amamenta pode ser uma potencial doadora de leite humano, desde que não tome medicamentos que interfiram na qualidade do leite ou apresente infecções graves. A doação de leite humano é um ato de generosidade que pode salvar vidas de bebês que necessitam desse alimento vital.

Como Funciona o Posto de Coleta de Leite Materno no HNSG?

Em Sete Lagoas, existe um posto de coleta de leite materno localizado no Hospital Nossa Senhora das Graças. Este posto de coleta, administrado pela enfermeira Karine e pela técnica Juliana, é responsável por orientar, manejar e armazenar o leite doado. “O leite coletado é enviado para o banco de leite do Hospital Odete Valadares em Belo Horizonte, onde passa pelo processo de pasteurização, sem custo. Após a pasteurização, o leite materno retorna ao Hospital Nossa Senhora das Graças na forma de Leite Humano Pasteurizado (LHP), sendo distribuído entre os bebês que necessitam”; explicou Cristiana Linhares, Coordenadora da equipe de Fonoaudiologia do HNSG.

Como se Cadastrar no Posto de Coleta de Leite?

Se você deseja se tornar uma doadora de leite materno, siga estas orientações:

  1. Visite o Posto de Coleta: Compareça na recepção de internação do Hospital Nossa Senhora das Graças e informe que deseja doar leite materno.
  2. Cadastro: Na recepção, você receberá orientações iniciais e preencherá uma ficha de cadastro.
  3. Encaminhamento: Após o cadastro, você será encaminhada ao posto de coleta, onde uma equipe capacitada irá lhe atender, orientar sobre o processo de doação, realizar a ordenha e armazenar o leite coletado.

Horário de Funcionamento do Posto de Coleta

O posto de coleta funciona de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h.

Se você é mãe em período de amamentação, saiba que a sua ajuda pode ser fundamental para outras crianças que, por algum motivo, não podem receber o leite de suas próprias mães. Cada gota de leite materno doado faz uma enorme diferença na vida dos nossos bebês.

Seja uma Doadora!

Participe dessa corrente de solidariedade e ajude a salvar vidas. Para mais informações, visite o posto de coleta no Hospital Nossa Senhora das Graças ou entre em contato com nossa equipe.

ASCOM: HNSG