domingo, 23 de junho de 2024

Conheça mais sobre Capim Branco

Foto: Circuito das Grutas

Capim Branco é um município do estado de Minas Gerais com área territorial de
95,333 km². Sua população estimada em 2022 pelo Instituto Brasileiro de Estatística e Geografia (IBGE) é de 10.663 habitantes. As pessoas que nascem em Capim Branco são chamadas de capimbranquense.

A descoberta do ouro, no período da história do Brasil Colonial entre o final do século XVII e início do século XVIII, na região das cidades de Sabará, Caeté, Mariana e Ouro Preto (1690) e posteriormente, a descoberta de diamantes (1729) na região do Tejuco (Diamantina) e Vila do Príncipe (Serro) teve decisiva importância na descoberta desses locais, pois cerca de dois terços das lavras se concentravam em Minas Gerais, com o restante distribuído entre Goiás, Mato Grosso e Bahia.

Como na época não existiam meios de transporte avançados, os produtos resultantes do extrativismo eram transportados por caravanas de tropeiros, que percorriam caminhos, na maioria das vezes, às margens dos rios, locais de fácil acesso às águas e onde podiam ser encontrados alimentos para os animais. Na rota do comércio, havia locais em que esses tropeiros e viajantes paravam para descanso ou hospedagem. Numa dessas paradas, resolveram acampar e pernoitar às margens do Ribeirão da Mata, numa planície verdejante, onde ficava o “Rancho Grande”, uma das primeiras moradias do local. Ao acordarem no dia seguinte, para a surpresa de todos, viram a planície toda esbranquiçada. Imaginaram que havia caído geada; o tempo era frio, mas não o bastante para tal. Admirados, correram para certificar-se do que se tratava. E se depararam com milhares de flores minúsculas, todas branquinhas, que pareciam um tapete. Grande foi o espanto de todos ao verificar que as flores eram originárias de uma espécie de gramínea nativa da região. Por isso a denominação – Capim Branco – dada pelos tropeiros.

A criação do distrito e a oficialização do nome se deram no antigo município de Santa Luzia do Rio das Velhas – atualmente, Santa Luzia – através do Decreto nº. 184, de 06 de setembro de 1890.

Em 07 de setembro de 1923, através do Decreto nº. 843, o distrito de Capim Branco passou a pertencer ao município de Pedro Leopoldo. Em 31 de dezembro de 1943, através do Decreto nº. 1058, o distrito passou a fazer parte do recém-criado município de Matozinhos.

A emancipação se deu no dia 12 de dezembro de 1953, através da Lei nº. 1039, da mesma data. O município foi instalado em 1º de Janeiro de 1954.

Prefeito Elvis Presley

Quadro político
Prefeito Elvis Presley
Vice-Prefeito Romar Gonçalves
O atual prefeito é Elvis Presley Moreira Gonçalves (Avante) e o vice Romar Gonçalves Ribeiro (PSD). Os vereadores eleitos no último processo eleitoral (2020) foram: Lú da Ambulância (Solidariedade), Ph (Republicanos), Johninho da Zumba (Republicanos), Melão (PSD), Juninho de Betinho (PSB), Ronaldo de Carmo (Patriota), Edmar (MDB), Wandinho Boa Vista (Avante) e Adriana da Saúde (Avante).

Trabalho e média salarial
Em 2021, o salário médio mensal era de 1.5 salários mínimos. A proporção de pessoas ocupadas em relação à população total era de 9.9%. Na comparação com os outros municípios do estado, ocupava as posições 682 de 853 e 638 de 853, respectivamente. Já na comparação com cidades do país todo, ficava na posição 5029 de 5570 e 3521 de 5570, respectivamente. Considerando domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, tinha 33% da população nessas condições, o que o colocava na posição 639 de 853 dentre as cidades do estado e na posição 4031 de 5570 dentre as cidades do Brasil.

Meio-ambiente
Apresenta 23.8% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 67.2% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 6.9% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio). Quando comparado com os outros municípios do estado, fica na posição 755 de 853, 381 de 853 e 631 de 853, respectivamente. Já quando comparado a outras cidades do Brasil, sua posição é 3416 de 5570, 3275 de 5570 e 3156 de 5570, respectivamente.

Alguns atrativos
Museu Histórico de Capim Branco
A vocação deste importante equipamento cultural é contar e perpetuar a história da cidade de Capim Branco. Por isso, cada uma de suas salas ao mesmo tempo que expõem peças incubidas de contar essa história, também a materializam e a tornam visível na própria estrutura arquitetônica do museu. O espaço que hoje abriga o Museu Histórico é um casarão do século XVIII tendo sido utilizado como prisão de escravos na época do ouro, e ponto de descanso dos tropeiros que viajavam para Diamantina, Ouro Preto e cidades vizinhas.

Foto: Turismo em Minas Gerais

Fontes: https://www.capimbranco.mg.gov.br/detalhe-da-materia/info/historia/6495,
https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2021/01/01/prefeito-e-vereadores-de-capim-branco-tomam-posse-veja-lista-de-eleitos.ghtml,
https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg/capim-branco/panorama e https://www.minasgerais.com.br/pt/destinos/capim-branco