terça-feira, 18 de junho de 2024

Trecho na Av. Perimetral entre os bairros Nova Cidade e Luxemburgo é interditado até análise

O local está interditado e está sendo avaliado pela Secretaria Municipal de Obras

Em decorrência das fortes chuvas dá última terça-feira, um trecho da avenida Prefeito Alberto Moura (Perimetral), entre os bairros Nova Cidade e Luxemburgo em Sete Lagoas, foi destruído pela força das águas. O local está interditado e está sendo avaliado pela Secretaria Municipal de Obras.

O trabalho foi árduo durante e pós-tempestade. A 5ª Cia. Ind. de Bombeiros Militar atendeu a um total de 12 ocorrências. Foram registradas seis ocorrências relacionadas a situações de alagamento/inundação/enxurrada e seis relacionadas a quedas de árvores em residências, vias ou rede elétrica.

No total, cinco pessoas foram resgatadas pelos Bombeiros em situações de risco para locais seguros e uma pessoa foi retirada por populares de um córrego após seu veículo ter perdido o controle e caído dentro do mesmo.

O coordenador da Defesa Civil Municipal e comandante da Guarda Municipal Sérgio Andrade visitou os pontos mais críticos da cidade. “A Defesa Civil sempre está alerta e atenta a todos os acontecimentos e, a partir de hoje, vamos intensificar o patrulhamento em toda a cidade com a finalidade de identificar possibilidades de riscos e mitigar eventuais danos”, afirmou.

A rua Acesita é um exemplo. A via fica num nível mais baixo em relação à avenida Secretário Divino Padrão e recebe águas pluviais das ruas do entorno. Os seis bueiros que ficam no quarteirão não foram capazes de suportar a força das águas. Na manhã seguinte, moradores e comerciantes limpavam o que sobrou e descartavam o que não valia mais. A solidariedade do sete-lagoano, no entanto, fala mais alto e doações também chegaram rápido.

Na semana passada a Codesel já havia reforçado a limpeza dos bueiros de várias vias, e na manhã desta quarta-feira, 1º de novembro, realocou as equipes para as áreas mais atingidas.”A situação de ontem realmente foi fora do normal, com um volume de águas muito grande em Sete Lagoas, mas a Defesa Civil do Estado segue apoiando o Município, que está adotando as medidas e providências para assistir a população afetada”, reforçou o sargento Márcio Luiz de Oliveira, da Defesa Civil Estadual.

ORIENTAÇÕES
A Defesa Civil Municipal orienta a população para manter-se segura durante dias de chuvas fortes seguindo as dicas a seguir:

– Evite lugares abertos, como estacionamentos e campos de futebol;
– Abrigue-se em casa, edifício ou em instalação subterrânea;
– Não permaneça em rio, lago ou piscina;
– Se estiver estacionado o carro em uma rua com histórico de alagamento, tente retirar o veículo do local antes da chuva;
– Se já estiver no carro, pare o veículo e uma rua longe de partes baixas dos bairros, com os vidros fechados, sem contato com as partes metálicas do veículo;
– Caso não encontre um abrigo por perto, fique agachado com os pés juntos, curvado para frente, colocando as mãos nos joelhos e a cabeça entre eles até a tempestade passar;
– Mantenha distância de objetos altos e isolados, como árvores, postes, quiosques, caixas d’água, bem como de objetos metálicos grandes e expostos, como tratores, escadas e cercas de arame;
– Evite soltar pipas, carregar objetos, como canos e varas de pesca e andar de bicicleta, motocicleta ou a cavalo;
– Mantenha distância de aparelhos e objetos ligados à rede elétrica, como TVs, geladeiras e fogões;
– Evite o uso de telefone, a menos que seja sem fio ou celular;
– Fique afastado de janelas, tomadas, torneiras e canos elétricos;
– Evite tomar banho durante a tempestade.

A Defesa Civil seguirá atenta durante todo o feriado prolongado e pede à população que acompanhe mais informações no Instagram @defesacivildesetelagoas. Em caso de alagamentos ou quedas de árvore, ligue Defesa Civil pelo 153 ou Corpo de Bombeiros no 193.