domingo, 23 de junho de 2024

R$ 18 milhões para reforçar o caixa do Hospital Nossa Senhora das Graças

Um grande aporte financeiro – extra – chegou até os cofres do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG). São R$ 18 milhões viabilizados a nível federal. Os recursos já estão em conta, mas uma solenidade, realizada na última sexta-feira, 1º de dezembro, simbolizou a importância da conquista que será fundamental para a gestão administração e financeira do próximo ano.

Os R$ 18.235.907,00 que poderão ser aplicados na compra de medicamentos, materiais diversos e reformas. O montante é um grande reforço para a operação do hospital no próximo ano. “Um dia muito especial e de alegria quando oficializamos a chegada desses recursos que serão fundamentais para melhorar ainda mais os já excelentes serviços prestados pelo hospital. Quem sai ganhado com isso são os usuários que buscam nesta instituição os mais diversos atendimentos de saúde”, ressaltou Duílio de Castro.

A atual gestão da Prefeitura de Sete Lagoas mantém forte vínculo com o hospital, um parceiro para o atendimento do sistema público de saúde em especialidades como Oncologia, Cardiologia, Nefrologia e também como a única maternidade da região. “Classificamos este ato como um fortalecimento da parceria entre a Prefeitura e o hospital. Uma via de mão dupla que fortalece o sistema e transforma Sete Lagoas em uma referência de Minas Gerais”, destacou o vice-prefeito Dr. Euro de Andrade.

De maneira geral, conselheiros e diretores do HNSG avaliaram que esta contribuição financeira que, até então, estava fora das previsões orçamentárias deixa ótimas expectativas para o futuro. “Hoje podemos falar de cooperação e parceria. Um recurso intermediado pelo prefeito Duílio de Castro que, tenho certeza, permitirá um 2024 muito melhor para o hospital”, definiu o bispo Dom Francisco Cota, presidente da Irmandade Nossa Senhora das Graças, mantenedora do HNSG.

Uma defasagem de mais de duas décadas da tabela do SUS aliada a uma demanda cada vez mais crescente de atendimentos são fatores que colocam em risco a gestão financeira do hospital. Recursos extras chegam para dar fôlego e salvar vidas. “Vivemos uma dificuldade financeira não por má gestão, mas pelo alto custeio. Saúde não tem preço, mas tem custo. O que recebemos por serviços prestados são valores com uma grande defasagem. Recursos extras como este são essências para vida do hospital. Agora, recebemos um aporte histórico e, por isso, agradecemos de coração o prefeito Duílio de Castro por sua atuação”, comentou José Márcio Dumont, diretor Geral do HNSG.

“Agradecemos o prefeito Duílio e sua equipe por esse olhar diferenciado para o hospital. Continuaremos ainda mais firmes para oferece um atendimento de qualidade com maior pontualidade e humanizado”, completou Rômulo Caetano, presidente do Conselho de Administração do HNSG.

O ato foi representativo, mas a comemoração e alegria de todos na solenidade foram naturais. Afinal, todos reconhecem a importância do Hospital Nossa Senhora das Graças para o bem-estar de milhares de pessoas. Ainda estiveram presentes Patrícia Campos, diretora administrativa e financeira do HNSG, Dr. Caio Dutra, diretor técnico do HNSG, o coordenador de Gestão em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Alber Alípio Ribeiro e servidores o hospital.

Estiveram presentes, o bispo Francisco Cota, diretores do hospital, vereadores e representantes da Secretaria Municipal de Saúde e da sociedade civil organizada. Foto: ASCOM Prefeitura