quarta-feira, 24 de abril de 2024

Procon Sete Lagoas notifica Vivo e solicita esclarecimentos sobre os serviços não prestados

Órgão de defesa do consumidor recebeu várias queixas de moradores de Sete Lagoas sobre interrupção de serviços

O Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Sete Lagoas divulgou nessa terça-feira (30) que notificou a operadora de telefonia Vivo para prestar esclarecimentos sobre os serviços não prestados. A empresa tem 10 dias para se manifestar.

Em um vídeo postado nas redes sociais do órgão municipal, o gerente Mateus Mendes afirma que recebeu várias reclamações de consumidores e que o órgão decidiu abrir um processo de investigação para que os consumidores de Sete Lagoas não sejam mais lesados. 

A notificação pede esclarecimentos sobre os motivos de oscilação e interrupção abrupta de sinal na telefonia móvel, telefonia fixa, internet móvel, internet fibra e TV, principalmente a interrupção no dia (23/01/2024) quando a operadora emitiu somente uma nota posteriormente. Além disso, o Procon solicitou a informação se vão ser deduzidos das faturas os valores referentes aos serviços não prestados.

A expectativa é de que a operadora apresente, além das justificativas, o detalhamento das providências que estão sendo adotadas para correção de problemas. A empresa deverá apresentar documentos que comprovem todas as informações prestadas. “Vamos aguardar o posicionamento da empresa, pois, após a notificação, a empresa tem o prazo de 10 dias corridos para enviar os esclarecimentos exigidos, sob pena de autuação no caso de descumprimento. Com a resposta da empresa, o Procon avaliará quais medidas serão adotadas”, informa o gerente do Procon Municipal.

“Temos reforçado a importância de os consumidores demandarem o Procon em caso de má prestação de serviço, pois só assim podemos buscar informações e defender o direito do consumidor”, finaliza Mateus Mendes.

Confira o vídeo:

Por Ana Amélia Maciel

Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3