quarta-feira, 24 de abril de 2024

Orquestra Jovem de Sete Lagoas realiza mais uma edição do Concertos de Natal

A Orquestra tem cerca de 200 crianças e adolescentes em sua maioria estudantes de escola pública e realiza, neste ano, duas apresentações gratuitas ao longo de dezembro

Foto: Marcos Avellar

O Ministério da Cultura e o Grupo Multitécnica apresentam os Concertos de Natal 2023 da Orquestra Jovem de Sete Lagoas. Serão duas apresentações gratuitas, uma na Paróquia de São Pedro e outra na Paróquia de Santa Luzia. As apresentações terão repertórios do próprio grupo e de outros clássicos natalinos.

A igreja de São Pedro abre o evento deste ano com uma apresentação no domingo, 03 de dezembro, após a missa das 9h. No sábado, 16 de dezembro, após a missa das 18h, será a vez da Paróquia Santa Luzia receber a Orquestra Jovem. “Já é uma tradição para a gente realizar esses concertos especiais de Natal. É um momento de confraternização entre as pessoas que a gente gosta, com a nossa família. E com música isso fica ainda mais especial”, afirma o Maestro da Orquestra Jovem, Ivison Maximo Barbosa. Além das músicas do próprio grupo, o repertório conta, também, com clássicos natalinos. “Estamos preparando tudo com muito carinho”, garante o Maestro.

Os dois locais contém espaço de acessibilidade física, como rampas que facilitam o acesso para cadeirantes.

Para Marcos Aurélio dos Santos, presidente da Associação Cultural de Orquestras (ORQUESTR’ARTE), mantenedora da Orquestra Jovem, o Natal é um momento muito especial na vida das pessoas. “Não poderíamos deixar de participar dessa comunhão de alguma forma. É o nosso agradecimento por tudo que conquistamos ao longo deste ano, compartilhando isso com o público que tem tanto carinho com o nosso projeto”, diz.

Desde o seu retorno, em 2022, a Orquestra Jovem vem se firmando como um dos principais projetos socioculturais de Sete Lagoas. Atualmente tem cerca de 200 crianças e adolescentes, entre sete e 17 anos, dos mais variados bairros da cidade, sendo a maior parte estudantes de escolas públicas. Depois de abrir turmas no bairro Santa Luzia, expandiu sua atuação com um polo avançado na região do bairro das Indústrias. “Estamos trabalhando para ampliar ainda mais esse atendimento. Nosso planejamento é dobrar o número de crianças e adolescentes atendidas no próximo ano”, revela o gestor do projeto, Marcos Avellar.

A Orquestra Jovem de Sete Lagoas é mantida através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet, com o patrocínio do Grupo Multitécnica. “Não cansamos de enfatizar que a Multitécnica é uma empresa local que acredita nos nossos sonhos, na cultura e no futuro dos nossos alunos”, afirma Marcos Aurélio.

Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3