sábado, 20 de abril de 2024

Conheça mais sobre Fortuna de Minas

Foto: Jornal Panorama

Fortuna de Minas é um município do estado de Minas Gerais com área territorial de 198,709 km². Sua população estimada em 2022 pelo Instituto Brasileiro de Estatística e Geografia (IBGE) é de 3.093 habitantes. As pessoas que nascem em Fortuna de Minas são chamadas de fortunense.

Informações obtidas de antigos moradores e de algumas anotações fornecidas pela prefeitura e pelo Cartório de Registro Civil da localidade dão conta de que foram alguns componentes da família do Visconde de Caeté que desbravou e habitou o município antigamente. Donatário de uma sesmaria na região, onde mais tarde construiria a Fazenda Santo Antônio (ainda existente), o Visconde de Caeté, que visitava constantemente a localidade, destacou parentes seus, acompanhados de escravizados e trabalhadores para procederem à exploração da porção de terra que para a pecuária devido a existência de sal-gema ao longo das margens do Ribeirão Macacos e da boa perspectiva para o cultivo.

Com o passar dos anos os colonos foram se multiplicando e se espalhando pela região, tendo alguns deles descido a margem esquerda do Ribeirão Macacos, ficando as primeiras casinhas no local onde hoje se situa a cidade de Fortuna de Minas. Nesta tarefa de implantação do arraial, destacaram-se as famílias Figueiredo, ajudando nos seus primeiros movimentos de intercâmbio comerciais, sociais e culturais por viajantes forasteiros e os famosos tropeiros que, vindos do norte e do oeste, demandavam os centros comerciais mais ativos da época como Sabará, Ouro Preto, Barbacena e outros. Para abrigar os tropeiros e forasteiros foram construídos pelo povo os chamados ranchos, utilizados como pousada para todos que transitavam por aqueles sítios vendendo ou comprando as mais variadas mercadorias ou que se encontravam de passagem em busca de outros lugares.

Conta a história que os vaqueiros da Fazenda Santo Antônio indo à procura de várias cabeças de gado que haviam se desgarrado foram encontrá-las nas proximidades do Ribeirão Macacos (no local onde se situa a sede do município) lambendo uma substância branca da qual não queriam se afastar, o sal-gema. Os vaqueiros ficaram surpresos com a robustez do gado e exclamaram: “Isto é uma fortuna!”. Daí em diante, o nome foi passado de boca em boca e todos passaram a chamar o local de Fortuna, que veio a se chamar definitivamente Fortuna de Minas, de acordo com a lei que emancipou a cidade, por volta de 1842, quando foi feita a doação das terras para a construção da primeira capela e do cemitério.

Os motivos determinantes da ocupação se deram, inicialmente, devido às condições naturais da terra fértil, das ótimas pastagens e da água em abundância que serviram de atração para a fixação dos moradores na localidade. Posteriormente a implantação da Usina Paraíso em 1926, que produzia açúcar em quantidade suficiente para grande parte do mercado de Minas Gerais na época, foram decisivos para a consolidação da Fábrica de Tecidos no atual município de Cachoeira da Prata, devido à proximidade das duas localidades

Prefeito Claudio de Nicote

Quadro político
Prefeito Claudio de Nicote
Vice-Prefeito Orisvan Diretor
O atual prefeito é Claudio Garcia Maciel (MDB) e o vice Orisvan Silva Abreu (PDT). Os vereadores eleitos no último processo eleitoral (2020) foram: Bruno de Marcinho (PV), Evaldo de Três Barras (PSD), Halisson Fuinha (PSD), Dudinho (PSD), Luciano de Cendino (PSC), Chico de Romeu (Podemos), João de Paulinho (Podemos), Victor Storck (Podemos) e William Piriquito (DEM).

Trabalho e média salarial
Em 2021, o salário médio mensal era de 1.7 salários mínimos. A proporção de pessoas ocupadas em relação à população total era de 15.1%. Na comparação com os outros municípios do estado, ocupava as posições 390 de 853 e 331 de 853, respectivamente. Já na comparação com cidades do país todo, ficava na posição 3962 de 5570 e 2206 de 5570, respectivamente. Considerando domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, tinha 34.5% da população nessas condições, o que o colocava na posição 555 de 853 dentre as cidades do estado e na posição 3675 de 5570 dentre as cidades do Brasil.

Meio-ambiente
Apresenta 50% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 71.1% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 0% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio). Quando comparado com os outros municípios do estado, fica na posição 565 de 853, 331 de 853 e 805 de 853, respectivamente. Já quando comparado a outras cidades do Brasil, sua posição é 2233 de 5570, 3044 de 5570 e 4835 de 5570, respectivamente.

Alguns atrativos
Festa do Cavalo
A festa do cavalo é um evento muito importante e já faz parte do calendário anual da cidade, dentro dessa festividade tem o rodeio e a “queima do alho”. Festa do cavalo é geralmente 3 dias no mês de junho – sexta, sábado e domingo – quando a cidade recebe visitantes e turistas de toda a região.

Foto: Circuito das Grutas

Festa de Nossa Senhora do Rosário
A festa de Nossa Senhora do Rosário acontece em outubro, é promovida pela Guarda de Congo de Nossa Senhora do Rosário e envolve a recepção de uma variedade de outras Guardas de congados de outros municípios. Acontece sempre no primeiro ou segundo domingo de outubro.

Fontes:https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg/fortuna-de-minas/historico,
https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2021/01/01/prefeito-e-vereadores-de-fortuna-de-minas-tomam-posse-veja-lista-de-eleitos.ghtml,
https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg/fortuna-de-minas/panorama e https://circuitodasgrutas.com.br/fortuna-de-minas/

Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3