quinta-feira, 18 de abril de 2024

Câncer de próstata: veja sintomas e a importância do exame de PSA 

O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que, entre 2023 e 2025, sejam registrados no Brasil 72 mil novos casos de câncer de próstata, o mais comum entre homens. A doença é caracterizada pelo crescimento anormal de células na próstata, uma glândula do sistema reprodutor masculino. No entanto, quando detectado precocemente, o câncer de próstata é tratável e tem altas taxas de cura.

Créditos: Freepik
Créditos: Freepik

Complementar ao toque retal, realizado pelo médico em consultório, o exame de PSA, abreviação em inglês para Antígeno Prostático Específico – proteína produzida na próstata – é outra ferramenta para avaliar a saúde da próstata.

“O teste é feito a partir de uma amostra de sangue do paciente. Quanto maior o nível de PSA presente na corrente sanguínea, maior a chance de o exame indicar um câncer de próstata. Isso porque as células malignas se multiplicam de forma desordenada, produzindo mais PSA do que as células normais”, explica a bioquímica do Sabin Diagnóstico e Saúde, Luciana Figueira.

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), o câncer de próstata não costuma apresentar sintomas na fase inicial. Quando acontece, a doença pode se manifestar por dificuldade para urinar, sangue na urina, diminuição do jato da urina e necessidade de urinar mais vezes ao dia. O MS ressalta, entretanto, que esses sintomas também podem estar relacionados a doenças consideradas benignas, por isso, é importante consultar um médico.

Procedimento 

Ainda sobre o exame de PSA, Luciana Figueira afirma que os pacientes precisam ter atenção a alguns cuidados a serem observados antes do procedimento. “Nas últimas 48 horas, o paciente deve ficar sem ejacular, fazer exercícios físicos, andar de bicicleta ou praticar equitação. Além disso, não deve ter feito ultrassom transretal nos últimos sete dias, nem realizado biópsias da próstata nas últimas quatro semanas”, orienta a profissional.

Outra observação importante é o fato de o exame de PSA ou o toque retal serem considerados testes iniciais para o rastreamento da doença. Um resultado que indique a probabilidade de câncer deve ser confirmado por outros exames indicados pelo médico especialista.

“Embora presente em altas concentrações em fluidos seminais (sêmen), o PSA está presente em concentrações muito baixas na circulação do homem saudável. Para concluir o diagnóstico de câncer de próstata o médico precisará de exames de imagem e/ou biópsia”, afirma a coordenadora técnica do Sabin.

Novembro Azul 

Celebrado desde 2003, a campanha Novembro Azul busca conscientizar a população a respeito da saúde do homem e promover informações sobre diagnóstico e tratamento para a doença. A campanha é também uma alusão ao Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, celebrado em 17 de novembro.

Embora a melhor maneira de prevenir um câncer seja o diagnóstico precoce, alguns hábitos podem auxiliar nesse cuidado. São eles: não fumar, adotar uma alimentação saudável, manter o peso adequado, praticar atividades físicas, evitar ingestão de bebidas alcoólicas, de carne processada e a exposição ao sol entre 10h e 16h.

Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3