terça-feira, 18 de junho de 2024

Terra treme novamente em Sete Lagoas e assusta população da região

O ano começou com dois tremores na cidade: na noite de domingo e nesta madrugada de terça-feira (16). Há relatos que o fenômeno foi sentido na vizinha cidade de Inhaúma, a 30 km de Sete Lagoas.

Foto ilustrativa: Ana Amélia Maciel

Um morador do bairro Várzea enviou vídeo para o @7DiasNews, de uma residência balançando.

E a falta de informações oficiais continua, o que gera especulações de toda ordem, como mostra esta troca de mensagens do grupo de correspondentes no Whatsaapp do 7Dias News: 

__ Tremor de terra às 04:42h
__ Foram dois esta madrugada.
__ O das 2:27 foi pior
__ Foi sim
__ Acordei com esse
__ Acordei com os dois… foda!
__ Assustador
__ Este foi menor às 4:41 h.
__ Sim
__ Aqui na boa vista deu pra escutar
__ Mas o barulho é de explosão. Aparentemente pedreira
__ Tremor aqui na Várzea
__ Tremeu até aqui na Fazenda Velha (a 20 Km do centro da cidade).
__ Teve um estrondo enorme no Canaã na noite de domingo. Nunca tinha ouvido trovão tão alto. Deve ser o fenômeno 

__ Até Fazenda Velha tremeu ontem.
__ 2:27 e 4:40.
__ Hoje, de madrugada, aliás.
__ … acordamos as duas vezes. A primeira foi bem forte. 

__ Frequência cada vez maior desses tremores. E poucas informações oficiais sobre o assunto. Inclusive sobre o buraco/cratera ao lado do Campo do Bela Vista, no bairro Santa Luzia, que aumentou nos últimos dias de forma considerável 

__ Engraçado que o buraco cresce e o campo ao lado nem trincado fica. Rede de esgoto com tubulação bem antiga. Agora ninguém comenta das Pedreiras. Tenho minhas dúvidas pois infelizmente temos políticos daqui que pensam exclusivamente neles. “Lei do Gerson”…


__ Alguém sabe dizer se as mineradoras regulamentadas que atuam na região trabalham também aos domingos?
Será que essas explosões têm algo a ver?

__ Não sei dizer

Às 8h40, nova mensagem:

__ Acabou de tremer novamente

__ Terceira vez

__ Aqui no escritório também sentimos

__ Agora?

__ Tõ no Canaã (perto do centro da cidade)

__ Iporanga

__ Não senti nada

__ Sentimos aqui

 __  Quase morri de susto, meu armário da cozinha tremeu todo.
__ Parece que aqui na região da Mata Grande é mais forte.  

Enquanto nenhuma autoridade competente, nem municipal, estadual ou federal consegue se pronunciar de forma esclarecedora a população de Sete Lagoas e região vive este dilema, que começou de forma mais intensa a partir de 2022.

Os problemas geológicos da cidade começaram a ser percebidos pela população, de forma efetiva, no início dos anos 1990, com o afundamento de ruas, aberturas de crateras e residências rachadas, com maior incidência nos bairros Santa Luzia e São Geraldo.

Sete Lagoas está numa região calcária, assentada sobre grutas e rios subterrâneos. 

Da Redação