domingo, 23 de junho de 2024

Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Sete Lagoas deve ser entregue até maio de 2024

Prefeito e presidente do SAAE fiscalizam etapa final das obras da Estação de Tratamento de Esgoto

Com aproximadamente 70% dos trabalhos concluídos, as obras da Estação de Tratamento de Água e Esgoto (ETE) seguem a todo vapor. Na semana passada o prefeito Duílio de Castro e Robson Machado, diretor-presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), fiscalizaram o que já foi feito e acompanharam o cronograma da última etapa das obras.

A previsão é que ainda no primeiro semestre de 2024 todo o esgoto de Sete Lagoas passe a ser tratado. A obra teve mais de R$ R$ 100 milhões em investimentos. “Esperamos que até maio do ano que vem comecemos a operar essa estação de tratamento de esgoto, que vai ser muito importante não só para Sete Lagoas mas para toda a região, a natureza, pois vamos despoluir o Rio das Velhas e, em breve, estaremos tratando 100% do nosso esgoto”, assegura o prefeito Duílio de Castro.

ETE está localizada no bairro Tamanduá
ETE está localizada no bairro Tamanduá. Foto: Assessoria/Prefeitura de Sete Lagoas

O diretor-presidente do SAAE, que também é engenheiro ambiental e sanitarista e inspetor-chefe do CREA de Sete Lagoas, fala do orgulho em coordenar os trabalhos. “Estamos nas etapas finais dessa obra, aguardando apenas os equipamentos. Tenho certeza que em breve estaremos entregando esta estação como um exemplo de engenharia não só para Sete Lagoas, mas para toda Minas Gerais”, acredita o diretor-presidente do SAAE, Robson Machado.-