terça-feira, 25 de junho de 2024

Preso segundo envolvido em briga de torcedores que terminou em morte

Divulgação/PCMG

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu temporariamente, na última sexta-feira (17/5), um homem, de 29 anos, apontado como o segundo responsável pela morte de um torcedor e o atentado contra outros dois, no dia 2 de março, em Belo Horizonte. Na data dos fatos, um homem, de 27 anos, morreu e outros dois jovens, de 18 e 19, ficaram feridos, após confronto entre torcidas organizadas na região do bairro Santa Margarida.
O primeiro suspeito foi preso em flagrante no dia do crime, e a PCMG, por meio do Departamento Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), imediatamente assumiu as investigações.

Durante a operação recente, a Polícia Civil prendeu o segundo investigado, quando ele saía do trabalho, e cumpriu cinco mandados de busca e apreensão em diferentes alvos ligados à torcida organizada e endereços residenciais. Um revólver calibre 38 com numeração raspada e munições, bem como um celular, foram recolhidos para continuação das investigações.

O delegado responsável pelo inquérito, Matheus Moraes Marques, adiantou que os suspeitos poderão responder pelos crimes de homicídio consumado e tentado. “Importante dizer também que outras pessoas, torcedores, que estavam no entorno da área do conflito, e que agiam com instigadores, podem responder também por rixa com resultado morte”, destacou.

As investigações prosseguem para conclusão do inquérito policial. O suspeito de 29 anos foi encaminhado ao sistema prisional e está à disposição do Poder Judiciário.

ASCOM: PCMG