segunda-feira, 15 de julho de 2024

Centro de Saúde do bairro Manoa é reinaugurado pela Prefeitura de Sete Lagoas

Prefeitura de Sete Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, reinaugurou, nesta segunda-feira, 4 de dezembro, o novo Centro de Saúde do bairro Manoa. Os usuários que eram atendidos na precariedade agora contam com uma instalação moderna, ampla a acessível.

ESF Manoa
Centro de Saúde Manoa

As obras duraram cinco meses. Neste período, os usuários foram referenciados para unidades dos bairros próximos. A mudança obrigatória de rotina foi muito bem recompensada. “Mais uma entrega na área da saúde que nos enche de alegria. Uma política pública com excelência na área de saúde é uma prioridade e, para isso, temos que dar condições de trabalho aos servidores e estrutura para a prestação de serviço de alto nível”, comemorou o prefeito Duílio de Castro.

A reforma atingiu todos os setores do imóvel. Do piso ao teto, da pintura aos projetos de acessibilidade, a unidade está de cara nova. O local não atende só moradores do Manoa, mas também do JK, Planalto, São Francisco, Carmo e Nossa Senhora das Graças.

Os vereador Caio Valace, Gilson Liboreiro, Ivan Luiz, Roney do Aproximar e Janderson Avelar representaram o Legislativo. “Esta parceria entre Legislativo e Executivo que devolve e faz as entregas que a população tanto espera. Com isso, conseguimos um sistema de saúde articulado e humanizando gerando vários resultados positivos”, comentou Caio Valace, presidente da Câmara Municipal.

Os investimentos da Prefeitura em reformas também já chegaram às seguintes unidades: ESF Alvorada, ESF Canadá, ESF Monte Carlo, ESF Kwit, ESF Jardim dos Pequis, ESF Progresso, Centro de Saúde Santo Antônio, Centro de Saúde Várzea e Centro de Saúde Luxemburgo. Uma proposta que mudou o patamar a atenção básica.

“Está comprovado por estudos que a cidade ao investir na Atenção Primária consegue resolver 80% de todos os problemas da área de saúde. Além disso, valorizamos nossas equipes de trabalho e confirmamos nossa proposta de humanizar o atendimento”, destacou Alber Alípio Ribeiro, coordenador de Gestão em Saúde.