quarta-feira, 17 de abril de 2024

Músico covardemente assassinado será homenageado com escultura de madeira

Na próxima sexta-feira (12/01) o músico Décio Geraldo Teixeira – que foi covardemente assassinado em outubro do ano passado na região do Terminal Rodoviário Deputado Renato Azeredo – será homenageado.

Músico Décio Geraldo Teixeira estava com 81 anos quando morreu

O artesão Léo Bité esculpiu em madeira a imagem do músico, com 51 cm de altura, e a entregará na sede da Banda União dos Artistas, grupo o qual Décio sempre fez parte de forma muito marcante.

A homenagem é aberta ao público e está marcada para as 19h, na sede da banda, que fica à R. Dr. Chassim, 156 – Centro.

Relembre o caso:

De forma trágica e covarde Sete Lagoas perdeu um componente da banda União dos Artistas: Décio Geraldo Teixeira, 81 anos. Na última quinta-feira (26/10/2023) ele foi espancado durante assalto na região do Terminal Rodoviário Deputado Renato Azeredo, em Sete Lagoas, e não resistiu.

A vítima tinha o saudável hábito de pegar na rodoviária de Sete Lagoas ônibus com destino a Brasília (DF) para visitar a filha. Atuante na vida cultural da cidade, ele foi alvo de bandidos próximo ao terminal, que o assaltaram e espancaram até deixá-lo inconsciente na rua.

Décio chegou a ser socorrido e internado em UTI de unidade hospitalar da cidade, porém não resistiu aos ferimentos. O crime ocorreu na quinta (26) e surpreendeu pela forma e onde aconteceu, já que a região tem câmeras e grande circulação de pessoas.

Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3