quinta-feira, 13 de junho de 2024

Mulher é encontrada em chamas às margens da BR-040: vítima havia sido sequestrada

Uma mulher de 22 anos foi sequestrada, mantida em cárcere privado e teve o corpo incendiado na noite dessa segunda-feira (19 de fevereiro). Durante o sequestro, que ocorreu no Carnaval, a vítima foi agredida e um casal exigiu dinheiro dos familiares da jovem. 

Conforme a Polícia Militar, após atear fogo na vítima, o homem deixou a mulher na BR-040, na altura de Pedro Leopoldo. Um caminhoneiro viu a cena e acionou a Polícia Militar. 

Redes Sociais/Reprodução)

A vítima, identificada como Layze Stephanie Gonzaga Ramalho da Silva (foto), foi socorrida para o Hospital João XXIII com 80% do corpo queimado e em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Foi através da chave pix que a polícia chegou até os suspeitos. A vítima morava em Esmeraldas, na Grande BH, e havia  apresentado à família um namorado novo recentemente. Ele é um dos suspeitos do crime, segundo a polícia. Porém, a identificação dele não foi possível, pois apresentou vários documentos falsos.Publicidade

Para os militares, o suspeito disse que a garota tinha uma dívida com o tráfico no valor que foi exigido à família, e que teve relações sexuais com a vítima antes de cometer o crime.

Com O Tempo e Assessoria PM