terça-feira, 25 de junho de 2024

Minas Gerais bate recorde de abertura de empresas com 300 novos negócios por dia em abril

Empreendedorismo no estado cresce 44% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Imagem: continbox.com.br

Minas Gerais registrou em abril o melhor desempenho dos últimos seis anos na abertura de empresas, com 9.021 novos empreendimentos, equivalendo a uma média de 300 por dia. Esse número representa um aumento de 27,6% em relação à média diária de 2023, que era de 235 novas empresas.

Segundo o último relatório da Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg), entidade vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede-MG), os números de abril superaram em 44% os registrados no mesmo período de 2023, quando houve 6.261 novas empresas. Esse é o melhor desempenho para o mês de abril desde 2019, quando a Jucemg começou a utilizar a ferramenta de totalização em tempo real dos registros mercantis.

Desburocratização

A Jucemg destacou a Resolução 03/2024, publicada em 6 de abril, que ampliou de 701 para 730 o número de atividades dispensadas de alvará para início de operação. Em 2024, Minas Gerais já conta com 32.465 novos empreendimentos, um aumento de 14,35% em relação aos primeiros quatro meses de 2023, quando foram abertos 28.391 novos negócios.

Desempenho por Atividade Econômica

Entre janeiro e abril deste ano, todos os setores econômicos — indústria, comércio e serviços — apresentaram crescimento comparado ao mesmo período do ano anterior. O setor de serviços liderou o crescimento com 15,78%, somando 23.507 novas empresas, 3.203 a mais que em 2023. O setor industrial cresceu 13,97%, com 1.615 novos empreendimentos, contra 1.417 no ano anterior. O comércio teve um aumento de 10,07%, com 7.343 novas empresas comparado a 6.671 em 2023.

Ranking Regional

As regiões que mais se destacaram na abertura de novos negócios foram Noroeste (25,05%), Sul de Minas (21,05%), Triângulo (18,91%), Alto Paranaíba (16,63%), Rio Doce (16,01%) e Centro-Oeste (13,94%). A única região com queda foi o Norte de Minas, que teve uma redução de 3%.

Ranking Municipal

Belo Horizonte lidera com 8.685 novas empresas no acumulado do ano, sendo 2.399 em abril. Outras cidades em destaque incluem Uberlândia (1.955 no ano e 516 em abril), Contagem (1.079 e 313), Juiz de Fora (866 e 258), Uberaba (673 e 186), Montes Claros (658 e 174), Betim (488 e 115), Divinópolis (469 e 137), Ipatinga (436 e 114) e Governador Valadares (417 e 127).

Encerramentos

Nos primeiros quatro meses de 2024, 20.943 empresas foram encerradas, um aumento de 22,98% em relação ao mesmo período de 2023, quando houve 17.029 encerramentos. Em abril, foram 5.409 extinções. Mesmo assim, o número de novas constituições superou os encerramentos em todos os períodos analisados.

O balanço da Jucemg não inclui microempreendedores individuais (MEIs), cujas inscrições são realizadas diretamente no Portal do Empreendedor do Governo Federal.

Fonte: Agência Minas