terça-feira, 25 de junho de 2024

Investigadora da Polícia Civil suspeita de matar cunhado em almoço de família em Sete Lagoas

Homem, alcoolizado, teria ameaçado familiares e atacado a investigadora com duas facas; ocorrência está sendo investigada pela Polícia Civil de Minas Gerais.

Uma investigadora da Polícia Civil é suspeita de ter matado seu cunhado a tiros durante um almoço de família no bairro São Francisco, em Sete Lagoas, neste domingo (26).

Segundo informações da Polícia Militar, o cunhado da investigadora chegou ao evento alcoolizado e começou a ameaçar agredir todos os presentes. A investigadora foi acionada e, acompanhada de seu marido, dirigiu-se ao local para tentar acalmar a situação. No entanto, o homem pegou duas facas e avançou contra ela e seu marido, obrigando-a a disparar para se proteger.

Relatos indicam que a ação da policial também visou proteger sua sogra, que estava sendo atacada pelo homem. O agressor, de 47 anos, morreu no local.

A ocorrência está em andamento e as autoridades seguem investigando os fatos. A Polícia Civil já deslocou a perícia oficial para realizar os procedimentos de praxe e encaminhou o corpo da vítima ao Posto Médico-Legal para exames. Mais informações serão divulgadas conforme o avanço das investigações.