segunda-feira, 22 de julho de 2024

Inferno Astral – Ano novo a vista!

por Marcinha Rubi

E o nosso ano lunar, vai se despedindo…a partir desta semana até 19 de março, estaremos vivenciando o que posso chamar de  “inferno astral do ano”! Estamos a menos de um mês do ano novo astrológico (20/03), temos uma força astral imensa que ocorre no último signo do zodíaco, antecedendo a renovação do ano novo real. Que venha Saturno nos ensinar caminhos mais maduros e conscientes, e na minha opinião ele já vem dando o ar da graça e deixando seus primeiros ensaios de 2024 tento no âmbito pessoal, quanto coletivo.

O inferno astral ocorre sempre um mês antes de nosso aniversário, ou seja, 30 dias. E todo mundo sabe bem o que é esse fenômeno, pois tem anos que ele pesa bastante na nossa vida! Para entender melhor, cada ciclo de vida, nos oferece momentos de desafios, crescimento e decisões, mas muitas vezes procrastinamos nesse desenrolar da vida, só que o tempo não para, e o que não fazemos em 11 meses, temos que fazer em 1, so que com o tanque vazio de energia, pois ao longo dos 11 meses queimamos munição, muitas vezes a toa…Isso é que chamamos também de inferno astral, pois mesmo sem energia temos que desembolar a vida, que nós mesmos bagunçamos !

Então bora trabalhar, colocar a casa em ordem , pois o justo e implacável Saturno está chegando!

Além disso, temos Mercúrio alinhando-se com o Sol e posteriormente ambos se encontram com Saturno (regente 2024) de forma perfeita no céu. Como isto nos impacta? Mercúrio, como emissário dos Deuses (Hermés grego), se encontra com o Sol, trazendo de forma clara e objetiva nessa semana “informações que precisamos conectar” para seguir com nossos objetivos e metas, podemos dizer até “revelações”. O alinhamento perfeito com Saturno, dia 28, traz junto “do que conectarmos” amadurecimento e responsabilidade com os rumos que podem ser decididos, aí está uma chave!

Lembremos do inferno astral que translada as experiências de 2023 para o “real ano novo de 2024”. Tudo nesta semana deve ser pesado e medido com observação e cautela, principalmente quando pensarmos em ações, pois “nosso tanque está na reserva”. Cuidemos para que as informações junto das experiências não nos desgastem a ponto de tirar nossa energia e vitalidade, principalmente no sentido emocional. Procuremos ser mais adaptáveis mesmo nas maiores adversidades.

Semana de atenção, cuidado e preservação, mas de “antenas levantadas”. Espero ter agregado algo de fluente em seus caminhos.