segunda-feira, 15 de julho de 2024

Destaques regionais – Mulheres da Cultura e do Turismo falam sobre 2023 e expectativas para 2024

Priscila Horta 12/12
por Priscila Horta

A Cultura e o Turismo Regional são grandes potências para desenvolvimento econômico local. Em 2023 tivemos alguns destaques como pro exemplo o lançamento da websérie “vem de moto” idealizada e realizada pelo Circuito Turístico das Grutas. O protagonismo feminino na cultura e no turismo se fez presente. São mulheres multifacetadas, que seguram o rojão de uma pasta descapitalizada, desestruturada e que, apesar de tudo, se mantiveram de pé.

Tomei a liberdade de escolher algumas dessas mulheres da nossa região para que você leitor, também conheça o trabalho e a dedicação de cada uma delas.

MARIELA FRANÇA
PRESIDENTE DO CIRCUITO DAS GRUTAS

Enquanto presidente de uma instância de Governança Regional trabalho com a importante missão do fomento da atividade turística como mola propulsora do desenvolvimento econômico regional e geração de emprego e renda e não menos importante a visibilidade, manutenção e preservação do patrimônio histórico, cultural, natural, científico dentre outros presentes nesta região, como atrativo turístico regional. O fortalecimento da política de Regionalização do Turismo neste território de 15 municípios que compõem o Circuito Turístico das Grutas é um propósito claro de expansão deste destino turístico.

O que você destaca no seu trabalho no último ano e qual a perspectiva para o ano de 2024?

Como destaque entendo o fortalecimento do trabalho junto às prefeituras associadas quanto a conscientização sobre a importância do Plano Municipal de Turismo visto como ferramenta de organização Municipal e de transbordamento regional, além da conscientização da importância do trabalho coletivo.

Outro aspecto foram os projetos de promoção e comercialização do Circuito Turístico das Grutas com a criação de rotas temáticas.  A divulgação em rádios, Jornais, Tvs , mídia em geral no sudeste do Brasil vem impulsionando a procura por nossos atrativos turísticos.

Para o ano de  2024 a expectativa é  a entrega de 3 projetos importantes para a divulgação do Circuito Turístico das Grutas e suas características tão únicas: Rota do Frango, sendo seu lançamento através de um Festival Gastronômico Regional, catálogos virtuais bilíngues das 15 cidades que compõem o destino para apoio do trabalho junto a operadoras e agências de turismo e por fim não menos importante, áudios visuais sobre  as 6 rotas turísticas do Circuito Turístico das Grutas para divulgação do destino em hotéis, aeroporto, unidades de conservação, dentre outros pontos relevantes de convergência de visitantes e turistas.

Qual a sua expectativa para o ano eleitoral e a qual importância da cultura e do turismo nas pautas municipais?

Como presidente de uma instância de Governança Regional o que posso esperar é que os gestores reeleitos ou novos eleitos estejam conscientes da importância da interlocução da cultura e do turismo em seu município e que este modelo de gestão se estabeleça para garantir qualidade de vida população, manutenção e preservação de seus bens e que tudo isso dentro de uma visão local e regional seja oportunidade experiências únicas por visitantes e turistas ao nos visitar.

CASSIA RIBEIRO
SECRETÁRIA DE CULTURA DE CAETANÓPOLIS

O que você destaca no seu trabalho no último ano?

O Município de Caetanópolis, possui um calendário cultural bem recheado, e vale pontuar todos eles em virtude das suas especificidades e públicos diferenciados. Começamos com o Encontro de Folias de Reis e Pastorinhas, O Carnaval, que esse ano conseguimos resgatar o Concurso de Blocos Carnavalescos, e foi sucesso. Na sequência tivemos o Encontro das Tribos, inclusive com o Lançamento da Rota de Mototurismo do Circuito das Grutas, o nosso Evento Âncora Festival Cultural Clara Nunes, e para finalizar o Concurso de Decorações Natalinas de Residências, Praças e Comércios do município.

Qual a perspectiva para o ano de 2024?

Realizar todos os eventos culturais e turísticos do município, com melhor qualidade, oportunizando os artistas locais e da região.

Qual a sua expectativa para o ano eleitoral?

essa pergunta vou me abster. Deixo a política para os políticos. Uma vez que procuro fazer e desempenhar todas as ações, com seriedade e ética, voltadas para os munícipes independente de política.

Qual importância da cultura e do turismo nas pautas municipais?

Considero a Cultura e o Turismo de suma importância para todo e qualquer município. Sem a cultura, não temos história e nem memória, e o turismo vem junto, fomentando o comércio local, proporcionando o Lazer e o bem estar de todos e em todos os sentidos, seja ele turismo ecológico, de negócios, de aventura e muito mais.

ADRIANA ANDRADE
Criadora do Festival Clara Nunes em CAETANÓPOLIS

Meu trabalho com cultura e turismo já vem acontecendo a muitos anos. Acredito que cultura e o turismo são ferramentas que fazem a transformação das cidades. Mostram o que de melhor existe, com peculiaridades e trazem o sentimento de pertencimento de cada um.

Desde 2002 venho trabalhando com cultura, como conselheira, como coordenadora cultural, facilitadora em oficinas, com o Patrimônio Histórico e com pesquisas, como Secretária de Cultura, diretora, agente cultural. Criei alguns projetos que tive sucesso, como o Festival Cultural Clara Nunes, Projeto Memória Viva, Cultura para todos, Contando histórias, entre outros.

O que você destaca no seu trabalho no último ano e qual a perspectiva para o ano de 2024?

No ano de 2023, destaco o projeto Contando Histórias que contou com a presença de mais de 200 alunos adolescentes e crianças das escolas de Caetanópolis e Paraopeba, mostrando a importância da preservação e do orgulho de fazer parte da história.

Qual a sua expectativa para o ano eleitoral e a qual importância da cultura e do turismo nas pautas municipais?

Minha expectativa é que os novos governantes, ou a continuidade deles, possam entender que a cultura e o turismo transformam as pessoas. Conhecimento sobre seu lugar, a história dos nossos antepassados, o que fizeram por nós, é importante para a formação de cada indivíduo.

A Cultura e o Turismo têm que estar como prioridade dentro dos planos de trabalhos. Quando esses dois fazem parte das pautas, com a seriedade que devem ter, assim como as outras áreas, os resultados são prosperidade, crescimento, e qualidade de vida.

VALÉRIA ASSAD
AZ PRODUÇÕES

Atuei na área da Cultura desde sempre, iniciei aos 14 anos, dando aulas de música e me envolvendo com as questões culturais da minha cidade. Sempre entendi, nos diversos espaços que ocupei tanto como aluna, docente, gestora, que a cultura é um instrumento importante de emancipação, de conscientização, de promoção, de crescimento e qualidade vida para as pessoas, a partir do momento que através da cultura, que nada mais é a identidade de um povo, você se situa melhor no mundo, entende de forma mais clara o seu papel e o seu protagonismo na construção de um mundo melhor. 

O que você destaca no seu trabalho no último ano e qual a perspectiva para o ano de 2024?

Eu não entendo que tenha me destacado em nenhum aspecto específico junto à Cultura e ao Turismo. A minha preocupação tem sido desde sempre, em manter a qualidade da minha colaboração no sentido de fortalecer, fomentar, valorizar, garantindo cada vez mais o acesso das pessoas à Cultura, ao Turismo, ao Esporte. Ressalto sempre junto a todos que essas áreas não são desenvolvidas isoladamente, mas em conjunto. São uma rede e como uma rede são entrelaçadas.

Qual a sua expectativa para o ano eleitoral e a qual importância da cultura e do turismo nas pautas municipais?

Que os gestores parem de considerar a Cultura, o Turismo e o Esporte como políticas partidárias e possam realmente entender que eles fazem parte de uma política pública e não de partidos. Que os nossos representantes políticos parem de atrelar, de forma oportunista, a Cultura, Turismo e Esporte às suas plataformas político-partidárias. Eles pertencem à coletividade que a produz e como tal, precisam ser gerenciadas por Políticas Públicas sólidas que não fiquem a mercê das trocas de Gestores.

THAÍS MAGALHÃES
SECRETÁRIA DE CULTURA DE CAPIM BRANCO

Me chamo Thaís Magalhães, tenho 30 anos, sou formada em administração de empresas e nutrição, trabalho como funcionária pública desde os 19 anos quando passei em concurso público na cidade de Pedro Leopoldo.

No ano de 2022 iniciei os trabalhos como Secretária na Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo em Capim Branco, onde venho encarando vários desafios e atuando de forma empreendedora, sempre inovando e acreditando que um município pequeno pode sim ser palco para grandes eventos e encontros de altos níveis.

O último ano ficou marcado com o retorno pós pandemia do famoso “Capim Folia – o Carnaval de Capim Branco”, o “Forró Cap”, o “Encontro Regional de Turismo” e “O Natal Encantado” onde distribuímos mais de 30 mil reais  em bicicletas, patinete e outros brinquedos e brindes para as crianças, e estamos fechando com chave de ouro na  aplicação do recurso da Lei Paulo Gustavo e temos em mente que 2024 seja um ano ainda melhor e de mais sucesso.

A expectativa para o ano eleitoral é de que as pessoas votem com consciência e que a democracia nos mostrem os melhores representantes do povo tanto no legislativo quando no executivo. A Cultura e Turismo são pautas municipais muito importantes!

A Cultura é o que nos liga ao belo, as artes e a delicadeza, o presente ao passado e nossas tradições;

Vejo o turismo como potencial para crescimento da economia local e porta de entrada para novos investidores.

DAISE APARECIDA DE JESUS
SECRETÁRIA DE CULTURA DE MATOZINHOS

Matozinhense, leonina, é apreciadora das culturas populares, cinema, teatro, música, comida mineira, literatura, danças e uma boa prosa com amigos.Graduanda em Gestão de Eventos, Contabilista e Gestora de Negócios. 

Sou orgulhosa de minha negritude, artesã desde criança produzindo trabalhos manuais com diversas técnicas: corda, colagem, barro e feltro além de customização de vestuários e confecção de estandartes religiosos e decorativos. Nascida em uma família tradicionalmente católica, anseia pela inclusão de todos os credos de forma harmoniosa e pacífica.

Estive sempre envolvida com a cultura e em ações de promoção social direcionadas a diversos segmentos de forma voluntária. Estas experiências me conferiram fôlego para realizar um trabalho de liderança juntamente à Associação dos feirantes e no apoio aos grupos de manifestações culturais locais. 

Este ano em especial a Subsecretaria de Cultura e Turismo trabalhei em conjunto com a Comissão de Eventos nas comemorações dos 200 Anos do Município. Foram realizados inúmeros eventos e atividades resgatando e contando a nossa história e tradições como o footing na praça, as serestas, festas juninas e as Barraquinhas do Bairro São Sebastião. Tivemos também a primeira edição no município do FENAR – Festival de arte de rua que muito engrandeceu a nossa comemoração de aniversário. Através do Fenar pudemos contar com uma programação vasta e bastante eclética que deu oportunidade aos artistas locais de se apresentarem deforma solo ou conjuntamente fazendo abertura de shows de artistas e grupos renomados como Zeca Baleiro e Raça Negra. Além dos shows tivemos Encontro de Carros Antigos, Encontro de Motociclistas que trouxeram um grande público local e de turistas, que movimentaram de forma considerável a economia local e elevando o nome da nossa querida Matozinhos como fomentadora de Cultura e Turismo.

Para os próximos anos planejamos avançar com projetos que possibilitarão o crescimento da Cultura e Turismo dando continuidade às parcerias já existentes e buscando novas possibilidades para atrair turistas e gerar renda e emprego. São muitas as expectativas para um futuro de grandes realizações no âmbito cultural. Já aderimos à PNAB- Política Nacional Aldir Blanc e à LPG – Lei  Paulo Gustavo

Quanto às expectativas para o ano eleitoral, desejo que os novos gestores possibilitem a continuidade dos trabalhos que temos realizado e apoiem novas possibilidades de se fazer cultura de forma sustentável e abrangente. Que as políticas públicas de fomento à Cultura e Turismo sejam vistas como algo realmente importante e ampliadas de forma gradativa até alcançarmos um nível considerado satisfatório.

ROSILENE SANTOS
SECRETÁRIA DE CULTURA DE PRUDENTE DE MORAIS

Formada em Ciências Sociais com habilitação em história, carrega em sua trajetória profissional anos de dedicação a sala de aula em diversas escolas da região. Empreendedora, mãe, esposa e uma agente cultural desde o berço. Vinda de uma família que respira a Cultura e o apego pelas manifestações populares e tradicionais de nossa cidade, se viu no início de 2021 frente a um novo desafio, chefiar o departamento de Cultura da Prefeitura de Prudente de Morais.

Frente a um mandato desafiador, que iniciou no meio da maior pandemia do século, enfrentou com êxito a missão de manter uma cultura viva e que cuidou de tantos. As práticas culturais foram como válvulas de escape para milhares, por outro lado, vimos a necessidade de apoiar os agentes culturais locais que se viam, por diversas vezes, desamparados. Nos últimos anos, especialmente nesse período pós pandemia, a Cultura conseguiu mostrar seu valor mais do que nunca. Fomos grandes aportes nesse período e sem falsa modéstia, a cultura também contribuiu para que muitas vidas fossem salvas. Em Prudente de Morais, alinhamos um trabalho de reestruturação das Políticas Culturais, como reativação do Conselho de Cultura, importante ferramenta de participação popular nessa política pública e adesão e implementação das políticas nacionais, como foi o caso da Lei Paulo Gustavo.

Fomos uma das primeiras cidades do país, a andar com todo o trâmite e em menos de 3 meses, destinamos aos promotores de cultura quase R$ 120.000,00 investidos em projetos culturais dos mais variados formatos. Esse ano também consolidou Prudente de Morais como a cidade das festas, relembrando seu tradicional calendário festivo. Do Carnaval ao Natal tivemos comemorações na cidade, o que nos remete ao lazer, como direito do povo e também o fomento da economia local. O Turismo de eventos se tornou a marca principal da cidade, movimentando do supermercado ao prestador de serviço temporário que descarrega o caminhão do som. Sem dúvidas, não é atoa que Prudente tem sido carinhosamente chamada de Capital Mineira das Festas e ao longo desse ano, entregar um calendário recheado de eventos tão bem estruturados foi nossa maior realização.

Com isso, o planejamento para 2024 é muita festa, aliado a uma política pública de valorização e salvaguarda da nossa Cultura Local, preservado aquilo que temos de tradicional e especial, como nosso guarda de congo centenária e tantas outras expressões.

O ano de 2024 reserva para nós as surpresas do período eleitoral, sabemos que existem diversas vedações nesse período, mas aquilo que é essencial não pode parar, durante a administração “Prudente de Morais: A Caminho do Desenvolvimento”, mostramos que é necessário ver a Cultura e Turismo como uma pauta de política pública, que existem agentes que trabalham nessas vertentes e tiram delas seu sustento. A nossa expectativa é que a receita que apresentamos, que foi um sucesso, seja mantida e replicada.

Oportunizando artistas da casa, dando visibilidades aqueles que tem talento e com um olhar especial para essa interlocução de Cultura e Turismo, que traz grandes ganhos para o município.

O melhor resultado para uma eleição é aquele onde o povo ganha e o nosso povo merece continuar sendo colocado como protagonista da sua própria história