quinta-feira, 13 de junho de 2024

Câmara anuncia realização do 1º Seminário da Mulher Sete-lagoana e Região com promessa de amplo debate

Evento organizado pelo CAC, promete discutir sobre direitos, cidadania, avanços e perspectivas 

Evento será realizado no plenário da Câmara. Foto: Divulgação/CMSL

A Câmara Municipal de Sete Lagoas vai realizar nos dias 4 e 5 de março o 1º Seminário da Mulher Sete-lagoana e Região – Uma discussão sobre Direitos, Cidadania, Avanços e Perspectivas. O evento, agendado para o plenário do Legislativo, será conduzido pelo Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC) em colaboração com os Conselhos Municipais de Direitos e Polícia Civil. 

A diretora do CAC, Priscila Horta, informou que o evento será marcado por painéis e rodas de conversa, segmentados em eixos temáticos que abordarão direitos, cidadania, avanços e perspectivas da mulher. “O seminário tem como objetivo apresentar as principais demandas das mulheres e propor soluções para que a sociedade avance rumo à igualdade de gênero”, explicou.

Para o presidente da Câmara, vereador Caio Valace, a instituição cumpre seu papel como espaço de cidadania e diálogo social entre os diversos atores da sociedade: “Devemos trazer para o centro do debate os agentes que influenciam e ajudam a conceber soluções para o avanço do exercício da cidadania. Obviamente, o 1º Seminário da Mulher Sete-lagoana e Região destaca a necessidade de priorizarmos a discussão sobre os direitos das mulheres e como podemos nos tornar uma cidade mais harmoniosa, equilibrada e igualitária”.

Segundo Priscila Horta, o evento será aberto aos diversos conselhos de direitos e movimentos sociais organizados voltados para as demandas da mulher. “O Sind-UTE confirmou sua participação no Seminário, o que considero de extrema importância para essa interação”, comentou a diretora do CAC. Ainda de acordo com a diretora do CAC, a programação completa será divulgada em breve, mas adianta que o evento contará com a presença de convidadas importantes e abordará a mulher em todos os seus aspectos.

Por Ana Amélia Maciel com informações da CMSL