terça-feira, 25 de junho de 2024

BDMG reduz as taxas de financiamento para micro e pequenas empresas mineiras

Geradores de emprego e renda, pequenos negócios podem contratar o crédito digital para reforma, ampliação e reorganização de dívidas

Foto: Divulgação BDMG

O Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) vai reduzir em 0.5 p.p as taxas dos financiamentos destinados aos micro e pequenos negócios mineiros a partir dessa semana. Empresas com faturamento anual de até R$4,8 milhões pagarão 5,35% ao ano mais a Selic, com carência de 12 meses e prazo total de 48 meses. A oferta é por tempo limitado. 

“Por serem importantes geradores de emprego e renda, responsáveis por quase 80% dos empregos com carteira assinada do país, as MPEs são fundamentais para o fortalecimento da economia mineira. O BDMG atua para apoiá-las, e faz isso oferecendo crédito com condições especiais logo no início do ano. O crédito pode ser usado para reorganizar dívidas, reformar e ampliar negócios, equilibrar fluxo de caixa”, explica o presidente do BDMG, Gabriel Viégas Neto. 

Clientes Fidelidade, negócios que desenvolvem atividades ligadas a Arranjos Produtivos Locais (APL) e empresas lideradas por mulheres, ou seja, com participação societária de 50% ou mais há pelo menos seis meses, também podem acessar o crédito reduzido. 

Crescimento

Em 2023, a liberação de crédito para o segmento de micro e pequenas empresas aumentou 31%, alcançando quase R$490 milhões. No ano anterior, os desembolsos foram de pouco mais de R$373,5 milhões. 

De acordo com a Junta Comercial de Minas Gerais (Jucemg), em 2023 foram abertas 85,9 mil empresas no estado de todos os portes, 10% a mais do que em 2022. As contratações são realizadas de forma 100% digital pelo site do bdmg.mg.gov.br. Também é possível buscar um correspondente bancário.

Fonte: Agência Minas