sábado, 22 de junho de 2024

R$ 1.418.495,23 para revitalização do Parque da Cascata: trabalhos começam nos próximos dias

Prefeitura de Sete Lagoas garante acordo para iniciar completa revitalização do parque ecológico

A Prefeitura de Sete Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Agropecuária, deu um importante passo para colocar com prática o processo de revitalização e reabertura do Parque da Cascata. Foi assinado, nesta quinta-feira, 8 de fevereiro, um acordo com empreendedores do município que garante, por meio de compensação, os recursos para a execução do projeto.

O vereador Caio Valace foi ao Parque da Cascata nesta quinta-feira ver as condições do local

O Parque da Cascata tem importância estratégica no projeto turístico da Prefeitura. Consiste em um terreno privilegiado por suas belezas naturais ocupando 205 hectares da exuberante Área de Proteção Ambiental Serra de Santa Helena. “O Parque da Cascata é um dos principais atrativos turísticos de nossa região. Ele faz parte de um complexo que ainda tem a Capela de Santa Helena, a rampa de voo livre e trilhas para a prática de esportes e caminhadas. Vamos recuperar o espaço que é um patrimônio que orgulha todos os sete-lagoanos”, comentou prefeito Duílio de Castro.

A reforma será iniciada no próximos dias. A assinatura de um Termo de Compensação com a Colorado Empreendimentos Imobiliários garantiu R$ 1.418.495,23 que serão investidos no projeto de revitalização. “Com este investimento, vamos contemplar todos os espaços. Restaurantes, áreas de lazer, trilhas de acesso e de caminhada serão totalmente recuperadas. Teremos um Parque da Cascata a altura dos turistas e sete-lagoanos que contemplam o local”, ressalta Dr. Edmundo Diniz, secretário municipal de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Turismo.

A reforma será iniciada nos próximos dias. A assinatura de um Termo de Compensação com a Colorado Empreendimentos Imobiliários garantiu R$ 1.418.495,23 que serão investidos no projeto de revitalização. O recurso só foi possível graças à Lei 9.663, de 22 de novembro de 2023, de autoria do vereador Caio Valace, que trata da Regularização Fundiária De Interesse Específico (REURB-E).

Assinatura do termo: Dr. Edmundo Diniz, secretário municipal de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Agropecuária, Juliano Nogueira, Caio Valace, vereador e presidente da Câmara Municipal, prefeito Duílio de Castro, Adriano Nogueira e Nuno Valace, administrador/liquidante da Seltur.

O termo foi celebrado com a presença dos empresários Juliano Nogueira e Adriano Nogueira, diretores da Colorado Empreendimentos Imobiliários, do vereador e presidente da Câmara Municipal, Caio Valace, do administrador/liquidante da Seltur, Nuno Valace, e do secretário municipal de Obras, Antônio Garcia Maciel.

História

O Parque da Cascata foi criado em 1988, na gestão do ex-prefeito Marcelo Cecé, em uma parceria com a Embratur. As principais estruturas foram construídas naquela época. Porém, no início de 2014 o acesso do público foi impedido com a promessa de reforma no local, feita em 2017. No final de 2018 o espaço foi reaberto, porém, poucos meses depois foi fechado novamente.

O local conta com trilhas, cascata, banheiros e algumas edificações. É o único parque municipal da cidade e, em conjunto com a Serra de Santa Helena, forma a principal área verde do município. Atualmente não possui condições que favoreçam uma experiência condizente com suas expectativas. Essa realidade, porém, está prestes a mudar. Em breve a população terá um novo e moderno Parque da Cascata.