sábado, 22 de junho de 2024

Antenas do “Alô, Minas” podem melhorar telefonia móvel na região: veja as cidades contempladas

O deputado estadual Douglas Melo, através do Governo de Minas, garante telefonia móvel para cinco localidades da região que não tinham cobertura móvel. Fazenda Velha em Sete Lagoas; Pontinha em Paraopeba; São Vicente em Baldim; Núcleo João Pinheiro em Funilândia e Estrela Dalva em Caetanópolis foram os distritos contemplados inicialmente.

Deputado Douglas Melo e o prefeito de Funilândia, Édson Vargas, durante inauguração da antena no Núcleo João Pinheiro

A notícia chega após uma enxurrada de reclamações de moradores de municípios vizinhos. Constantemente moradores de Santana de Pirapama e Cordisburgo, reclamam e sofrem com a falta de sinal de telefonia e de Internet. São cidades que esperam também ser beneficiadas.

De acordo com Paulo Claudino Avelar, de Santana de Pirapama, a torre que alimenta a operadora Vivo vem apresentando problemas. “Os usuários estão sem telefonia móvel e de transmissão de dados, o fato se repete há três meses. É uma vergonha!”, afirmou.

Já em Cordisburgo, Humberto Corrêa afirma que problema semelhante é vivenciado no município, só que com a operadora Oi, que hoje é administrada pela Claro.

– Comerciantes e moradores da cidade ficam sem prestação  de  serviços da Oi.  A população já chegou a ficar mais de 30 dias sem os serviços.  Situação vergonhosa para a operadora, lamentou Humberto.

O problema vem se repetindo em toda região, até mesmo em Sete Lagoas. Interrupções frequentes nos serviços da telefonia fixa e internet vêm gerando uma insatisfação coletiva. 

– Tendo esse problema frequente;  pergunto: já houve algum posicionamento oficial sobre medidas para prevenir futuros furtos e melhora da infraestrutura na região? Não temos conhecimento, completou Corrêa.

Além de moradores, comerciantes que trabalham com vendas de tele-entrega penam o problema, o que reflete em prejuízo financeiro.

LÍDERES DE RECLAMAÇÃO

Oito das 10 empresas com mais reclamações nos Procon’s de Minas Gerais neste ano são operadoras de telefonia ou bancos. É o que mostra ranking elaborado pela Secretaria Nacional do Consumidor, por meio do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec Nacional). 

Entre as seis primeiras colocadas estão as quatro principais operadoras de telefonia: Oi (1º lugar com 9.759 chamados), Vivo (2º lugar com 5.663 atendimentos), Claro (5º lugar com 3.654 queixas) e Tim (6º lugar com 3.516 reclamações).

NOVAS ANTENAS

O deputado estadual Douglas Melo está visitando os distritos da região para inaugurar as antenas de telefonia móvel implantadas no Programa “Alô, Minas!”. Apenas o distrito de Estrela Dalva aguarda a finalização da implantação; os demais já estão operando.

As antenas estão sendo instaladas junto às operadoras de telefonia Claro, Tim e Vivo. Até junho de 2024, serão mais de 150 antenas ativadas, beneficiando mais de 110 mil mineiros. As antenas implantadas na região são da operadora Claro.

O programa “Alô, Minas” foi criado na gestão do ex-secretário Otto Alexandre Levy Reis, na época Secretário de Estado de Planejamento e Gestão. O programa foi pensado para ampliar a cobertura de telefonia móvel no estado, promovendo a inclusão tecnológica e a integração regional, tendo em vista que muitas localidades mineiras não possuem número expressivo de moradores e estes não possuem meios de comunicação via dispositivo móvel.

Quando o programa foi lançado, o deputado Douglas Melo solicitou pessoalmente e documentou ao então Secretário a inclusão de várias comunidades e distritos da região que vieram a ser contemplados.

“É um ganho para nossa microrregião; a falta da antena é um retrocesso para a educação e economia. Quando o governo lançou o programa, marquei uma reunião com o então Secretário Otto e solicitei a inclusão das nossas localidades. Fico feliz com o atendimento e cobraremos para que as demais comunidades da região não contempladas no início do ‘Alô, Minas!’, sejam incluídas em futuras chamadas”, afirmou Douglas Melo.