segunda-feira, 22 de julho de 2024

Sem Reserva – SEM TELEFONIA

Está praticamente impossível falar na Prefeitura de Sete Lagoas por telefone. Mudanças no sistema estão deixando quase todos os órgãos do Executivo inacessíveis. Quem precisa falar em alguma unidade de saúde, por exemplo, tem que ir até o local ou recorrer ao número de WhatsApp particular de algum servidor. O vereador Janderson Avelar, durante reunião plenária desta semana, sugeriu que sejam disponibilizadas linhas de WhatsApp oficiais até que as linhas de telefonia habituais sejam reestabelecidas.

Prefeitura de Sete Lagoas. Foto: Arquivo/Ascom

IFET E ESCOLA TÉCNICA

O ex-presidente da Fundação Municipal de Ensino Profissionalizante (Fumep) – mantenedora da Escola Técnica, Cláudio Caramelo, está feliz com o anúncio do Instituto Federal em Sete Lagoas, mas também preocupado. “O sonho está se tornando realidade, torço muito pela instalação do IFET em Sete Lagoas. Mas sou totalmente a favor da continuidade da Escola Técnica. São públicos com perfis totalmente diferentes, na minha opinião”, afirmou. O deputado federal Reginaldo Lopes, que visitou a Escola Técnica, garantiu que a mesma não será prejudicada e todos os cursos mantidos (matéria completa nesta edição).

TROCA TROCA

A mais nova filiada do partido Novo é a vereadora Heloísa Frois, que saiu do Cidadania. Já Junior Sousa, eleito pelo MDB, foi para o Partido Renovação Democrática (PRD). Esse também foi o caminho escolhido pelo vereador Eraldo da Saúde, que foi eleito pelo Patriota e agora é o mais novo filiado ao PRD. O presidente da Câmara Municipal, Caio Valace, também está mudando: vai sair do Podemos e se filiará ao PDT, a convite da deputada federal Duda Salabert.

Filiação de Heloisa Frois (esq.) foi prestigiada em Sete Lagoas pelo vice-governador Matheus Simões. À direita, Victória Frois, filha da vereadora.

REVOLTA NO PSB I

Filiados do PSB em Sete Lagoas estão revoltados com o deputado estadual Noraldino Júnior, presidente do partido em Minas Gerais. Ele destituiu a atual Comissão Provisória da sigla na cidade, que tinha como presidente Ângelo Gonçalves (Liu).

Um dos filiados ao partido, Victor Messias, protestou: “Quem não nos respeitou, também não merece o nosso respeito. Esse projeto de deputado que preside o partido a nível estadual, é uma excrescência. Um completo desserviço. Mais triste e revoltante é ver pessoas o seguindo nessa. Minas não merece isso. E nós haveremos de lutar e lembrar a todos deste triste fato. Eu e tantos outros estamos indignados com tudo isso. Triste”.

REVOLTA NO PSB II

Uma nota oficial também foi enviada à redação, pelo ex-presidente Ângelo Liu: “O que já era esperado aconteceu. Foi oficializada a nova Comissão Provisória do PSB em Sete Lagoas. Sem diálogo e com total falta de respeito aos membros do PSB na cidade, nem sabemos se podemos chamar de Comissão Provisória. Nos parece mais um comitê eleitoral a serviço do atual presidente estadual da sigla que não sabe diferenciar o que é Comissão do que é comitê eleitoral. Principalmente em época de eleição, o que importa é ter uma sigla e pouco ou nada importa ter um partido. Terão a sigla, mas não terão o partido. Ter um partido pressupõe assumir seus ideais, seu programa e seus compromissos. Ter a sigla não significa nada disso. Uma vergonha o que acontece com o PSB aqui em Sete Lagoas e em outras cidades de Minas. Continuaremos lutando por um PSB fiel ao que preconizaram seus fundadores”, consta no documento.

PODEMOS
Na última quarta-feira (27/03) foi a vez do Podemos se mobilizar. Partidários e pré-candidatos atenderam o chamado do ex-prefeito de Paraopeba, Juca Bahia, e participaram do encontro. Juca teve expressiva votação para deputado federal na última eleição: foram 41.965 votos.

TAMBÉM NO PRD
O consultor empresarial Heider Marcelo de Paula Gonçalves – que também é economista, especialista em ESG e Finanças, Controladoria e Gestão de Custos – é pré-candidato a vereador pelo PRD. Se juntará na mesma chapa com Junior Sousa e Eraldo da Saúde. Sua base eleitoral se concentra nos bairros São Geraldo, Padre Teodoro, Várzea e Iporanga