quinta-feira, 13 de junho de 2024

Prefeitura de Matozinhos decreta situação de emergência em saúde pública

A Prefeitura de Matozinhos decretou situação de emergência em saúde pública, diante do aumento considerável dos casos de dengue e chikungunya, no município.

Entre os efeitos do documento, a emergência declarada no Decreto nº 3.833, de 02/02/2024, autoriza a adoção de medidas necessárias ao combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti e ao controle das doenças causadas pelos vírus, em especial, aquisição de insumos e materiais. Além da contratação de serviços estritamente necessários ao atendimento da situação emergencial, de acordo com o que estabelece a legislação aplicável às licitações e contratos administrativos.

A Prefeitura Municipal assevera ainda, que tem buscado agir de diversas formas para coibir a situação epidêmica do momento. Inclusive, as ações foram iniciadas em dezembro, pois já havia registros de casos de dengue na cidade. Diante disso, a Zoonoses passou a intensificar as visitas dos agentes de endemias às residências, além de iniciar nesse mês, ações de bloqueio a partir da utilização de bomba costal UBV.

No mês de janeiro houve a explosão de casos, que foram crescendo vertiginosamente no decorrer das semanas, alcançando o índice mais alto de infestação predial de 11,3%. Esse dado corresponde ao Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa), referente a janeiro/2024, classificando o município em situação de ALTO RISCO para transmissão de arboviroses (dengue, Zika e chikungunya).

Contudo, as iniciativas de controle permaneceram e a Zoonoses impulsionou a aplicação de inseticida através das UBVs, em pontos de maior registro de casos suspeitos e confirmados da doença. Os agentes de endemias também têm sido importantes frente aos trabalhos educativos com a comunidade, atendimento de denúncias e distribuição de capas protetoras, cuja procura aumentou consideravelmente no setor.   

Outra ressalva importante foi a ampliação de atendimento médico a partir de horários estendidos na UBS Cruzeiro e UBS Central, que passaram a ser referenciadas além da UPA 24h. A unidade UBS Central, inclusive, estará de plantão durante o feriado do carnaval, para dar suporte à UPA.

O laboratório municipal é outro reforço a esse atendimento, e teve o horário ampliado nesta semana, para corresponder à grande demanda por testes de sorologia de dengue e chikungunya.

O mutirão de limpeza, que terá início no próximo dia 19/02, é mais uma iniciativa da Prefeitura que busca associar as ações de combate ao mosquito, junto à população. Nesta intervenção, serão recolhidos das residências itens que acumulem água, como garrafas pet e de vidro, pneus, latas e potes de plástico, por exemplo.

Por fim, a solicitação do veículo Fumacê já foi aprovada pelo Estado, no entanto, Matozinhos, assim como várias cidades mineiras, ainda aguarda o envio do carro para auxílio e controle do mosquito Aedes aegypti.

Não obstante, é válido ressaltar que, a Prefeitura de Matozinhos tem agido dentro das ferramentas que dispõe para controle da situação epidêmica enfrentada. Além disso, tem buscado intervir da melhor forma possível, para garantir a saúde e bem-estar da população matozinhense. Mas para vencermos essa batalha, é preciso o envolvimento conjunto dos moradores e do puder público.

Clique aqui para acessar o Decreto nº 3.833, de 02/02/2024