quarta-feira, 24 de abril de 2024

Nove unidades de saúde em Sete Lagoas terão horário ampliado para suspeitas de Dengue, Chikungunya e Zika

Ação vai de 8 a 12 de janeiro, de 17h às 20h; Foram registrados 6.279 casos suspeitos de chikungunya em Sete Lagoas em 2023

Fonte: Banco de Imagens MS

A Prefeitura de Sete Lagoas – por meio da Secretaria Municipal de Saúde – vai ampliar o horário de atendimento em nove unidades de saúde. A estratégia faz parte de uma operação especial somente para receber pessoas que estejam com suspeita de Dengue, Chikungunya ou Zika. A ação vai de 8 a 12 de janeiro, de 17h às 20h. Mesmo sem um aumento considerável nos casos que classifique a situação como surto, a Prefeitura vem tomando várias ações diante do período chuvoso, em que há proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor dessas doenças. 

.”Intensificamos ações nas áreas que estão com aumento da incidência, realizando visitas domiciliares, trabalhando o resgate dos casos pendentes, executando bloqueio de transmissão nas localidades com incidência alta com máquinas de nebulização portáteis motorizadas, além de ações educativas para sensibilização da população, com as unidades de saúde realizando atendimento dos pacientes, bem como solicitando PCR e sorologia conforme protocolo”, informa a Superintendente Geral de Promoção e Vigilância em Saúde do Município, Maitê Rodrigues.

Notificações e óbitos

Segundo o setor, o mês de dezembro de 2023 contabilizou 271 casos notificados de dengue na cidade e 450 de Chikungunya, sendo a metade deles registrados nas seguintes unidades de saúde: ESF Catarina (12%), ESF São Geraldo (7%), UPA 24 Horas (6,71%), ESF JK (5,88%), ESF Móvel (4,47%), ESF Barreiro (4,12%), ESF Iporanga (3,18%), ESF Santo Antônio (3,65%) e ESF Santa Rosa (3%). Os demais 50% estão distribuídas nas demais unidades. A maior parte das notificações se concentrou na segunda semana do mês, com tendência de queda na terceira e quarta semanas de dezembro.

.Ainda de acordo com o departamento, em todo o ano de 2023 não foram registrados óbitos por dengue, mas quatro pessoas faleceram por Chikungunia, sendo uma mulher de 80 anos no Hospital Nossa Senhora das Graças em 22 de abril; um homem de 72 anos no Hospital Municipal no dia 30 de abril; um homem de 83 anos no Hospital Municipal no dia 15 de maio; e um homem de 76 anos no Hospital Nossa das Graças no dia 25 de julho.

Prevenção

Cuidados básicos podem ajudar no combate à dengue e de outras doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti (vetor responsável pela transmissão da dengue, Zika vírus e febre chikungunya). Verificar se a caixa d’água está bem tampada, deixar as lixeiras bem tampadas, colocar areia nos pratos de plantas, recolher e acondicionar o lixo do quintal, limpar as calhas, cobrir piscinas, tapar os ralos e baixar as tampas dos vasos sanitários, limpar a bandeja externa da geladeira estão entre eles.

Horário ampliado

Confira as unidades de saúde que funcionarão em horário ampliado apenas para casos de dengue, zika e chikungunya, de 8 a 12 de janeiro, de 17h às 20h:

ESF CDI I – 3773-4114
Rua Expedicionário Leofredo Gaspar, 534

ESF Alvorada – 3772-2193
Rua Mario Reis, 84 

Centro de Saúde Várzea – 3774-6464
Rua Manoel Corrêa da Cunha, 267

ESF São Geraldo – 3776-7881
Rua Joaquim Murtinho, 109

UBS Luxemburgo – 3776-8394
Rua Itambacuri, 182 

UBS Belo Vale – 3771-9831
Rua Oscar Padilha, 625

UBS Orozimbo Macedo – 3772-3265
Rua Cuba, 524

UBS Nossa Senhora das Graças – 3775-2925/3776-7828
Rua Felipe Dos Santos, 1331

UBS Cidade de Deus – 3773-5132
Rua Prefeito Euro Andrade, 41

Fonte: PMSL

Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3