segunda-feira, 15 de julho de 2024

Manchester City 4 x 0. Ficou de muito bom tamanho para o Fluminense

Chico Maia

A cada ano fica mais fácil para os europeus ganharem esta competição. E em função da bagunça que é o futebol sul-americano a tendência é piorar.

O time do Guardiola levou a sério o jogo e marcou gols quando quis, sem precisar forçar demais. A diferença é colossal, e o tricolor carioca comemora não ter tomado uma goleada bem maior. E Haaland, De Bruyne e Jeremy Doku não disputaram.

Dito isso, é divertido ver as tentativas de explicações de um monte de comentaristas e repórteres, principalmente do Rio. Naquela história do desprezo da imprensa inglesa pelo jogo e pelo Fluminense, eles provaram do próprio veneno. O time do Fernando Diniz foi tratado do mesmo jeito que boa parte da mídia carioca e paulista trata os clubes que não são deles no campeonato brasileiro. Torcedores mineiros e gaúchos sabem muito bem como é. Nordestinos nem se fala.

Com 40 segundos de partida o time inglês abriu o marcador e não deu a menor chance de reação do Fluminense (Foto: FIFAWorldCup)