sábado, 20 de abril de 2024

Diocese de Sete Lagoas com extensa programação para a Jornada Mundial dos Pobres

A Diocese de Sete Lagoas, por meio da Comissão de Promoção Humana se prepara para viver a VII Jornada Mundial dos Pobres, que nesse ano será celebrada no 33º Domingo do Tempo Comum, dia 19 de novembro de 2023. O tema escolhido pelo Papa Francisco para este ano de  2023 é “Não desvies o rosto de nenhum pobre” (Tb 4,7). É um convite para afastar de nós a indiferença.

Bispo Dom Francisco, da Diocese de Sete Lagoas
Bispo Dom Francisco, da Diocese de Sete Lagoas

A atitude do bom samaritano é o caminho. Ele ficou tocado ao contemplar o drama do outro. “Quando nos deparamos com um pobre, não podemos virar o olhar para o lado oposto, porque impediríamos a nós mesmos de encontrar o rosto do Senhor Jesus.” (Papa Francisco).

Na perspectiva cristã, a opção pelos pobres não está vinculada a um voluntarismo ascético moral, mas a um caminho no qual o ser humano se desvela como pessoa guiada pelo princípio da compaixão, sensível ao sofrimento dos outros e feliz por compartilhar seu ser e seus bens com as pessoas, de modo especial os pobres. É preciso abrir os olhos para ver, dispor o coração para comover-se e estender as mãos para ajudar. Que esta Jornada Mundial dos Pobres nos ajude a “ver”, “a sentir compaixão” e a “cuidar deles”. (Frei Olavio Dotto)

Clique no link a seguir e tenha acesso a todo Material da CNBB: https://drive.google.com/drive/u/0/mobile/folders/1Qgsv5S9_qv0zD78Ap7b8y-kzrXBXYTMb

Gestos Concretos

O bispo Diocesano, Dom Francisco Cota, solicita aos que estão à frente das paróquias da Diocese: padres, consagrados (as) e leigos (as) que se organizem dentro das suas realidades, para rezar a semana que antecede o Dia do Pobre com gestos concretos que vá de encontro aos irmãos e irmãs mais pobres.

“A proposta é olhar as pessoas em situação de pobreza no território da Diocese, fazê-las conhecidas, rezar por elas e com elas, lutar por políticas públicas, econômicas, reformas dos programas sociais e ações de erradicação da extrema pobreza e combate à desigualdade social”, explicou Dom Francisco.

Entre as atividades propostas pela Jornada Mundial dos Pobres, sugerimos para a Diocese de Sete Lagoas na semana do dia 12 a 19 de Novembro 2023 as seguintes propostas:

Segunda feira (13/11) – Proposta de Gesto Concreto:

  • Refletir sobre sua realidade local.
  • Rezar pelas necessidades observadas.

O objetivo é que cada um de nós, possamos olhar o nosso entorno e para nós mesmo, e identificar as situações de vulnerabilidades existentes.

Terça feira (14/11) – Proposta de Gesto Concreto:

  • Difundir a percepção da realidade.
  • Rezar para que mais pessoas tenham esse olhar de sensibilidade.

Busque compartilhar com as pessoas próximas (familiares, vizinhos, colegas de trabalho e etc.) sobre a sua percepção da realidade identificada.

Quarta feira (15/11) – Proposta de Gesto Concreto:

  • Intervir na realidade.
  • Rezar para que sua disposição vá de encontro às necessidades do outro.

Selecionar dentro das realidades observadas as que mais necessitam de uma atitude concreta e se disponha a fazer algo.

Quinta feira (16/11) – Proposta de Gesto Concreto:

  • Unir forças e orações

Nesse dia, sob a luz da espiritualidade e do amor, reúna mais pessoas que possa comungar da ideia e a partir da sua visão de realidade, trace em coletividade as estratégias necessárias para a atitude concreta.

Sexta feira (17/11) – Proposta de Gesto Concreto:

  • Captar os elementos necessários para suprir a necessidade identificada.
  • Rezar pela compaixão e doação dos possíveis colaboradores.

Diante da realidade identificada, busque apoio (material e espiritual) para ajudar no que for necessário para sua intervenção.

Sábado (18/11) – Proposta de Gesto Concreto:

  • Transformando realidades

Faça que seu gesto concreto, alcance quem de fato necessite dele. (Visitas, doações, orações, apoio psicológico, escuta, cuidados pessoais ou outras ações que julgar necessário.)

Domingo (19/11) – Proposta de Gesto Concreto:

  • Participar da Celebração Eucarística
  • Elevar sua prece por mais políticas públicas que venham modificar as desigualdades existentes.
Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3