terça-feira, 25 de junho de 2024

Continuam abertas as inscrições para castração gratuita de cães e gatos em Sete Lagoas

É exigido que animais devem ter no mínimo seis meses e no máximo sete anos para passar pelo procedimento

Imagem ilustrativa: Freepik

A Secretaria Municipal de Saúde de Sete Lagoas está com inscrições abertas para a castração gratuita de cães e gatos no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). O cadastro ficará disponível até o preenchimento das vagas e deve ser feito mediante preenchimento e envio de formulário eletrônico que pode ser acessado no link http://zoonoses.setelagoas.mg.gov.br/cadastro.php. Dúvidas podem ser sanadas pelo telefone (31) 3771-5796 ou e-mail controlepopulacionalccz.saude@setelagoas.mg.gov.br

De acordo com a prefeitura, as solicitações serão avaliadas pela equipe responsável e, se aceitas, o solicitante deverá aguardar o contato da equipe do CCZ para agendamento. O prazo de espera poderá variar de acordo com a demanda. Cabe ao solicitante acompanhar o andamento de sua solicitação no site.

A coordenadora do CCZ, Patrícia Silveira, destaca que a esterilização provoca vários benefícios para os animais. “Os animais ficam mais calmos, reduz o risco de fugas e atropelamentos e a incidência de brigas. Em fêmeas, elas não terão mais problemas reprodutivos como gestações indesejáveis, doenças no útero e ovários, além de reduzir a incidência de tumores de mama. Nos machos, reduz o risco de câncer de próstata e câncer nos testículos”, afirma.

Recomendações e contra indicações
Para serem submetidos à esterilização, os animais devem ter no mínimo seis meses e no máximo sete anos. Além disso, o CCZ não realiza esterilização em animais idosos; cadelas acima de 25 quilos; em animais com lesões cutâneas, epilépticos e obesos; em animais no cio ou em gestação avançada. “Se a cadela ou gata estiver no cio, deve-se aguardar pelo menos 20 dias após este período. Em caso de gestação, deve-se aguardar pelo menos 60 dias após o parto”, explica Patrícia Silveira.

Ela lembra ainda que o CCZ também não realiza castração em cães e gatos braquicefálicos e com alterações genéticas que tornem o procedimento anestésico arriscado. “As raças mais populares que têm essas condições são, entre os caninos, as raças shi-tzu, bulldog inglês, bulldog francês, pug, boxer, pequinês, boston terrier, dogue de bordeaux, lhasa apso, sharpei, Staffordshire bull terrier e Yorkshire terrier. Já entre os felinos, é a raça persa”, completa.

Fonte: PMSL