segunda-feira, 15 de julho de 2024

Conheça o time de amputados do Democrata, um exemplo de inclusão através do esporte

O Democrata conta com um time de atletas que sofreram algum tipo de amputação. O projeto foi idealizado por Matheus Tavares e os treinos são realizados na Arena do Jacaré desde o ano passado. O time é composto por jogadores de Sete Lagoas e região que, da dor de perder um membro, buscaram na superação e no futebol uma nova forma de viver. E, claro, levar a alegria e o exemplo de determinação para outras pessoas.

Renato Paiva sabe das dificuldades do dia a dia de um amputado porque seu pai, Fred Paiva, era um e entende que um time na cidade seria mais do que apenas futebol. “Uma iniciativa dessas vai além da questão esportiva. Podemos fazer a diferença na vida dessas pessoas. Por esse motivo, a Arena está de portas abertas para o Mateus e para qualquer amputado de Sete Lagoas e região que esteja disposto a comprar a ideia de montar um time de amputados”, falou em uma outra oportunidade.

O que é o futebol de amputados

O futebol de amputados é uma adaptação do futebol convencional que foi desenvolvido na década de 1980, nos Estados Unidos, permitindo que pessoas com amputação ou má-formação de membros pudessem jogar com sucesso. O Brasil é uma potência mundial e já conquistou quatro edições de Campeonato Mundial.

Pouca gente sabe, mas o Brasil é uma das potências mundiais no futebol de amputados. Nossa Seleção é tetra campeã mundial na modalidade que é uma adaptação do futebol convencional para que pessoas com amputação ou má-formação de membros possam jogar com sucesso. O campo é do tamanho society com seis jogadores na linha e um no gol. As partidas acontecem durante 50 minutos, sendo 25 para cada tempo.

Quer apoiar ou participar do projeto? Entre em contato via mensagem no Instagram @democratafuteboldeamputados .