quarta-feira, 24 de abril de 2024

Como se tornar um vendedor ambulante legalizado em Sete Lagoas: veja o passo a passo

Interessados devem preencher cadastro e levar documentação à Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Agropecuária

Se você é ambulante em Sete Lagoas e ainda não se cadastrou no Programa Ambulante Legal, confira esse passo a passo e veja como é fácil se tornar um ambulante legalizado no município. A primeira coisa a fazer é entrar no site da Prefeitura.

De um computador ou do celular, você pode digitar no Google Prefeitura Sete Lagoas e clicar no primeiro link que aparecer ou digitar www.setelagoas.mg.gov.br. Ao descer a barra de rolagem do site, você vai encontrar o destaque do Programa Ambulante Legal. Clique nele.

Leia as informações da página e faça o download dos dois arquivos disponíveis: o Edital de Credenciamento e o Termo de Referência. Leia o edital e providencie todos os documentos informados no item 7.2, se você for pessoa física, e item 7.3, se você for um MEI – microempreendedor individual. Não se esqueça de ler também o termo de referência que você baixou, imprima e preencha o requerimento de inscrição que se encontra na página 12. Aí você vai colocar as cópias de todos os documentos e do requerimento de inscrição em um envelope com a identificação informada no item 6.8 do edital.

Depois, é só entregar o envelope pessoalmente na Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Agropecuária de Sete Lagoas, que fica na avenida Dr. Renato Azeredo, nº 5.325, bairro CDI II, ao lado do Horto Municipal, de 9 às 11:30 da manhã e de 01:30 às 4h da tarde, de segunda a sexta-feira.

“Estamos recebendo os envelopes, cadastrando, fazendo as fichas e regularizando todos que queiram trabalhar, gerar renda e dignidade. Procure a Secretaria, entregue os documentos necessários para que vocês possam trabalhar corretamente, sem a intervenção de ninguém, com seu ponto fixo, seu local de trabalho, com horários determinados, tudo regulamentado para que vocês trabalhem com o apoio do poder público. Queremos a melhoria da qualidade de vida de todos vocês”, explica o secretário municipal de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Agropecuária, Edmundo Diniz.

A projeto Ambulante Legal, aprovado na Câmara Municipal, é do vereador Caio Valace.

Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3